Jogadores do Atlético comemorando. (Foto: GLEDSTON TAVARES/FRAMEPHOTO/ESTADÃO CONTEÚDO)

Por Loui Jordan

O Campeonato Brasileiro chegou na sua 7ª rodada. O Palmeiras continua sendo um time a ser vencido e os confrontos do final de semana foram pouco emotivos, mas registraram informações importantes. O São Paulo segue mal, assim como o Cruzeiro. O Inter se mostrou à vontade para disputar a ponta da tabela e os outros, como Santos e Atlético, seguem na briga, no entanto sem tanta confiança a longo prazo e ambos ainda oscilam. O Corinthians não entrou em campo, o duelo contra o Goiás foi adiado, enfim, nada demais nessa rodada e o mais do mesmo no futebol praticado.

7ª RODADA

SÁB 01/06/2019

Flamengo 2 x 0 Fortaleza / ENGENHÃO

Bahia 1 x 0 Grêmio / PITUAÇU

DOM 02/06/2019

Botafogo 1 x 0 Vasco da Gama / ENGENHÃO

Ceará 0 x 1 Santos / CASTELÃO

Athletico-PR 3 x 0 Fluminense / ARENA DA BAIXADA

São Paulo 1 x 1 Cruzeiro / PACAEMBU

Atlético-MG 4 x 0 CSA / INDEPENDÊNCIA

Chapecoense 1 x 2 Palmeiras / ARENA CONDÁ

Internacional 2 x 0 Avaí / BEIRA-RIO

Atlético se mostra forte e Palmeiras segue na liderança

No sábado (01) foram dois jogos. No Rio de Janeiro, o Flamengo levou a melhor em cima do Fortaleza. Com 2 gols de Gabigol e um atuação consistente e objetiva, o Flamengo voltou a ser protagonista em 90 minutos. Também no sábado, o Bahia recebeu e venceu o Grêmio. O time de Renato Gaúcho segue oscilando, é mais uma derrota no campeonato. Sabe-se que é o início do torneio, mas a possibilidade de disputar o título fica cada vez mais distante.

Nesse domingo foram mais sete jogos. O Botafogo venceu o clássico carioca contra o Vasco, 1 a 0. O Fogão conquista 3 pontos importantes após a classificação na Copa Sul-Americana, já o Vasco evoluiu na criação ofensiva, mas segue sem vitórias. No Castelão, o Ceará viu o Santos sair com a vitória, o Peixe precisava muito dos 3 pontos para seguir lutando na ponta da tabela. Para o Ceará é um tropeço do futebol, o Santos não deu aula, apenas venceu. No Paraná, muitos vão dizer que foi erro de escalação ou equívocos e até mesmo a expulsão de Airton, mas não, o Athletico Paranaense foi melhor. O Furacão teve mais força durante boa parte do tempo, é verdade que um a menos faz falta, no entanto, o Athletico não tem nada a perder, 3 a 0 após o tropeço pesado na Argentina na Recopa.

No Pacaembu, Tricolor e Raposa ficaram no empate. Foi um jogo até disputado, o Cruzeiro foi mais corajoso, o São Paulo ainda não tem um coletivo definido e preparado. Na Arena Independência, o Galo não tomou conhecimento diante do CSA, o time teve boa atuação. O CSA mostrou dificuldade e um futebol sem criatividade, faltou repertório ofensivo e solidez defensiva. Na Arena Condá, Chapecoense e Palmeiras fizeram um jogo interessante, isso devido ao alviverde ter tido uma certa dependência “positiva” de Dudu e a Chape não ter reagido como gostaria. O Palmeiras segue líder e invicto.

Em Porto Alegre, o Colorado segue 100% no Beira-Rio e com gols sempre decisivos de Guerreiro. O Avaí até finalizou com frequência em relação ao esperado, mas não deu. O Inter vai chegando aos poucos e silenciosamente, se não tropeçar tanto fora de casa pode se tornar pedra no sapato do líder.

COMPARTILHAR