Na noite desta segunda-feira (10), a Câmara Municipal realizou a segunda sessão ordinária do ano e nela comemorou 180 anos da instalação do Poder Legislativo de Três Pontas. Ela foi instituída em 10 de fevereiro de 1842.

A reunião não foi extensa, teve uma pauta pequena, o que não gerou grandes debates, com exceção dos vereadores Geraldo José Prado (Coelho – PSD), que não entendeu o posicionamento do colega Sérgio Eugênio Silva (PPS) e os dois bateram boca, durante um projeto incluso na pauta a pedido do vice presidente Antônio Carlos de Lima (Antônio do Lázaro – PSD). O vereador Luis Carlos da Silva (PPS) estava ausente por causa de viagem.

Pequeno Expediente – Vereadores cobram reconhecimento do Executivo

Antes das votações, os legisladores usaram a Tribuna para o Pequeno Expediente. Roberto Donizetti Cardoso (PP), lamentou que a Secretaria Municipal de Obras tenha implantado “bueiros inteligentes” e não divulgou que este foi um projeto dele, que inclusive apresentou fotos e ideias de outros municípios. Dada a importância que Robertinho enxergou, fez questão inclusive de destinar parte de suas emendas impositivas ano passado para este serviço, mas nada foi feito. Ele reconhece que a instalação é um avanço para evitar que mais bueiros sejam entupidos, mas na sua opinião, o prefeito Marcelo Chaves deveria honrar com a palavra sempre dita por ele de parceria.

O vereador Luis Flávio Floriano (Flavão – PSL), sugeriu que o Departamento de Trânsito faça um estudo para alterar o trânsito em ruas de grande movimento que trazem transtornos aos motoristas, citando as ruas: Dr. Carvalho de Mendonça, Espírito Santo, São Paulo, Frederico Meimberg e José Romão de Oliveira.

Coelho divulgou a chegada de um caminhão com hidrojateamento e sucção para a manutenção periódica das redes coletas de esgoto do Município e das estações de tratamento de esgotos dos distritos do Quilombo Nossa Senhora do Rosário e Pontalete. O veículo equipado foi adquirido pelo Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae), chegou no fim da última semana e o projeto passou pela Câmara. Segundo ele, a conquista é importante e vai gerar acima de tudo, uma enorme economia aos cofres da Autarquia, que precisava alugar o veículo.

O vereador Érik dos Reis Roberto (PSDB), informou que as emendas impositivas dele e de alguns colegas foram pagas nesta segunda-feira e vai beneficiar os servidores que tem garantidos assim, a continuidade do convênio com a Santa Casa de Misericórdia com o Cartão Viva + Saúde. Ele lamentou apenas que o Poder Executivo não deu divulgação desta parceria e disse que talvez seja porque as emendas dos vereadores sejam maiores do que muitas que deputados aportaram para o Município.

Sobre o caminhão comprado pelo Saae, Érik justificou e defendeu, que muitas vezes os parlamentares não acompanham e não sabem como funciona o processo licitatório e mesmo assim, depois, ainda é passível de problemas. Um caminhão entregue anteriormente pela empresa que venceu a disputa, não estava dentro dos critérios exigidos no edital, motivo da demora para a entrega.

O presidente da Câmara Maycon Douglas Vitor Machado (PDT), finalizou o tempo usado na Tribuna começando por felicitar o novo sacerdote trespontano Fábio Fernandes que foi ordenado no sábado (08) em Campanha e celebrou sua primeira missa neste domingo na sua Comunidade de São Judas Tadeu, no Caic.

Depois vieram alguns pedidos feitos a ele pela população à Secretaria de Obras. Os moradores pedem urgente a limpeza do mato que está alto, em torno da Escola Caic. Com a volta das aulas, a situação ficou ainda pior e vários vereadores já solicitaram a melhoria no terreno baldio.

Na mesma região, na quadra do bairro Aristides Vieira, uma luz não está acendendo e dificultando o uso do espaço, que é bastante frequentado por atletas de diversas modalidades esportivas.

Vereadores aprovam dinheiro para Campeonato Regional de Futebol

Dois projetos estavam na pauta, mais um foi inserido e o de Resolução que trata da limitação ao número de homenagens (Título de Cidadania e Moção de Aplausos) entregues pelos vereadores, foi retirado. Duas emendas foram feitas por Luisinho e Coelho, quanto a quantidade e como Luisinho não estava e há inconsistência no projeto, Maycon mesmo retirou o ítem, que retorna às Comissões Técnicas para estudos.

O projeto do Executivo que já estava na pauta, corrige erros nas descrições de um cargo. A atividade de executar vistorias iniciais, informar em processos administrativos relativos à localização e ao funcionamento, bem como às alterações cadastrais do interesse da Fazenda Municipal, dos estabelecimentos comerciais, industriais, prestadores de serviços e similares; agora passa ser função do Fiscal de Postura e não do Fiscal Tributário. Outra correção que também se faz, é na carreira de Técnico do Executivo. As mudanças técnicas foram aprovadas sem nenhum comentário.

O projeto que concluiu a sessão foi a aprovação de novos recursos que estão chegando através de emenda parlamentar, desta vez para a área do esporte. O Executivo está recebendo o montante de R$ 175.438,59, vindos do Ministério da Cidadania, para a realização de um Torneio Regional de Futebol de Campo em Três Pontas. A Prefeitura fará uma contrapartida no valor de R$ 1.885,06.

Donizetti Benício Baldansi (PSL), justificou que a verba é “carimbada” vem do Ministério da Cidadania e só pode ser utilizada no esporte. O campeonato é regional, vai reunir uma equipe de cada cidade, com expectativa de 12 times e a gerência dele será feita toda por Três Pontas. Coelho reinterou que será feito a prestação de contas do dinheiro utilizado pela Secretaria de Esportes que será a responsável pela organização. O projeto foi aprovado por unanimidade.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here