Por Loui Jordan

A edição de 2019 do Brasileirão foi encerrada ontem (08). A última rodada nos contemplou com uma surpresa, a goleada do Santos sobre o Campeão Brasileiro. O grande foco do último encontro do torneio ficou por conta da disputa privada entre Ceará e Cruzeiro pelo afastamento da possibilidade de ser rebaixado e o Cruzeiro confirmou a queda, o time seguiu à risca o manual do rebaixamento. Os outros jogos foram para cumprir tabela, foram legais, mas não decisivos.

RESULTADOS DA ÚLTIMA RODADA

Os melhores times do Campeonato

Sem dúvidas o Flamengo mereceu o título e fez história com os 90 pontos. Bom dizer que a goleada do Santos sobre o rubro-negro foi merecida. O Peixe jogou bem e foi melhor, para o Flamengo resta um alerta ao Mundial, o time já está em outra vibe, o time de Sampaoli terminou com o vice-campeonato de forma justa, praticou um futebol agradável. Os outros bons times foram Palmeiras e Grêmio. Por mais que o Grêmio tenha focado nas Copas no começo, virou a chavinha e conseguiu se sair bem na competição de pontos corridos. Em relação ao verdão, o time fez campanha de campeão, assim como o Santos, porém o Flamengo fez um Campeonato fora da curva, mas no desempenho, o Palmeiras saiu devendo um pouco. Enfim, Flamengo só pensa em Mundial, Santos tem a novela Sampaoli e Palmeiras termina o ano com interrogações e cobranças.

Vagas na Libertadores

Flamengo, Santos, Palmeiras, Grêmio, Athletico e São Paulo estão na próxima fase de grupos da Libertadores, já Internacional e Corinthians disputarão a primeira fase do torneio continental. Detalhe, o Furacão fez uma grande campanha, mesmo tendo sido campeão da Copa do Brasil e é com sobras um time que se consolidou e solidificou seu trabalho nos últimos anos, tem colhido os frutos.
Em relação ao São Paulo, o time aos trancos e barrancos conseguiu sua missão, a vaga para Libertadores. O time é limitado coletivamente e vive uma crise de identidade, o Tricolor perde jogos que não consegue explicar e vence partidas que são ilusórias aos olhos de seus adeptos. Já o seu rival Corinthians e o Colorado, são times que oscilaram durante todo o campeonato, fizeram o básico e conseguiram assegurar suas vagas na primeira fase da Libertadores. O Corinthians precisa melhorar seu estilo de jogo e o Inter precisa recuperar sua performance de outrora, caiu muito no último trimestre do ano.

A surpresa Fortaleza

Por mais que o Bahia tenha flertado com o G-6 e o Goiás tenha feito boa campanha pelas suas pretensões, o Fortaleza é o destaque. O time dirigido por Ceni conseguiu um acesso inédito a Copa Sul-Americana e claro, fez uma campanha muito digna, terminou em nono lugar e quase atrapalhou a vida de Corinthians e Inter.
O elenco é modesto se comparado aos gigantes. O time é competitivo e sabe jogar como a filosofia de seu treinador aponta velocidade, ofensividade e boa transição, é a grande surpresa da edição do Brasileirão.

O rebaixamento de um gigante

Avaí, Chapecoense e CSA, terão a companhia do Cruzeiro na série B. Sim, o clube fundado em 2 de janeiro de 1921, se afundou no dia 8 de dezembro de 2019. O clube seguiu à risca o manual do rebaixamento, crises internas, administrativas, jogadores que atrapalharam o andamento da proposta de jogo, alterações no comando técnico, inoperância ofensiva, enfim, o Cruzeiro naufragou.
O clube precisa de uma reformulação geral. A queda será um aprendizado, o clube segue gigante, porém com sua história recente sendo manchada. Detalhe, o jogo contra o Palmeiras foi um mero retrato do momento pífio vivido pelo clube.

CLASSIFICAÇÃO

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here