Domingo é dia de futebol. Mas, não é um futebol comum como as outras partidas. A disputa não é por três pontos na tabela ou pela taça de campeão. A partida é pela solidariedade que o jogo traz, como todo fim de ano.

É a 14ª edição do Futebol Solidário, liderado pelo Sargento Maxsuel da 151ª Polícia Militar. Ele mobiliza seus amigos, não apenas os de farda, mas esportistas e torcedores para fazer uma ação do bem. Eles formam duas equipes: Amigos do Sargento Maxsuel x Amigos do Flaminas.

O jogo será neste domingo (30), a partir das 9:00 horas, no Estádio Municipal Ítalo Tomagnini, o Campo do TAC. Para participar, o atleta deve adquirir em Dodô Esportes a camiseta personalizada do evento deste ano. Elas custam R$35 e toda a renda será repassada para entidades da cidade.

Quem não for jogar, mas vai ficar nas arquibancadas torcendo, pode ajudar doando na portaria, um quilo de alimento não perecível ou material de limpeza.

Em 2017, o Futebol Solidário colaborou com a Igreja Assembleia de Deus do Bom Pastor e Adorando a Deus em Unidade.

Todos os anos, uma personalidade do esporte é homenageada. Ano passado, foi Marcos Antônio de Aguiar, o popular “Marquinhos Fifi”. Desta vez, a organização prepara homenagens a Edson Silva Araújo, treinador das categorias de base do Esporte Clube Vila Rica.

E como o evento todo é beneficente, haverá serviço de bar que estará na responsabilidade dos Socorristas Voluntários de Três Pontas “Anjos da Vida”. Eles terão direito a renda para custear as despesas de manutenção da equipe que presta relevantes serviços à comunidade.

COMPARTILHAR