Padrasto pegou seu Fusca e junto com enteado, que já tem várias passagens na polícia, furtaram a residência. Quando voltaram e estavam na cozinha foram surpreendidos por um morador. Eles sairam correndo. Um deles foi preso e outro ainda está sendo procurado

Um comerciário teve que se ausentar do Velório da mãe durante a madrugada desta terça-feira (18), para ir no Quartel da Polícia Militar e depois até Varginha. Dois bandidos aproveitaram que a família estava velando Dona Maria de Jesus Silva Ferreira, e a casa estava sozinha no bairro Jardim das Oliveiras, para furtar roupas e aparelhos eletroeletrônicos.

A audácia deles foi tanta que quando um neto da senhora chegou na casa do pai para descansar encontrou a dupla na cozinha, se alimentando. A família teve que além de superar a dor da perda de Dona Maria, encontrar forças para ajudar a polícia no registro da ocorrência.

A Polícia Militar recebeu um chamado no 190, informando que dois indivíduos  haviam sido surpreendidos dentro de uma residência, localizada na Rua Marcílio Ferreira de Brito. Com a chegada de familiares da dona da casa que estava sendo velada no Velório Municipal, a dupla fugiu em um Fusca e as vítimas saíram também atrás dos autores. O veículo usado para transportar o material furtado foi encontrado na Rua Padre Artur Costa Campos, no bairro Aristides Vieira e estava sendo conduzido por Paulino Coslope de 54 anos. Ele confessou aos policiais militares que junto com seu enteado Melinho havia invadido a residência e feito o furto. Eles repartiram os produtos furtados. Uma parte foi levada para a casa de Paulino, a outra para uma casa abandonada no bairro Botafogo. A guarnição foi até os locais,  encontraram o material e prendeu Paulino Coslope em flagrante.

Eles furtaram – uma TV 20 polegadas, um botijão de gás, um aparelho de DVD, um micro system, um rádio portátil, diversas peças de roupas e roupas de cama. Até medicamentos foram levados juntos com o material. O veículo dele estava com o documento irregular e ele não possui Carteira Nacional de Habilitação. O Fusca foi apreendido e ele ainda foi multado. Clélio Bertolino, “Melinho” ainda não foi encontrado. Ele possui várias passagens por furto. A última vez que foi preso, Melinho invadiu a Casa da Família no bairro Vila Marilena, depois arrombar uma janela. Quando a PM chegou, encontrou o ladrão preso dentro do estabelecimento que pertence a Prefeitura. Ele levaria um computador e, mesmo preso em flagrante não ficou preso e foi liberado na Delegacia de Varginha.

02
O padrasto Paulino Coslope de 54 anos confessou o crime, praticado junto com o enteado, Melinho, que está sendo procurado

 

01
Polícia Militar conseguiu recuperar todo o material furtado
COMPARTILHAR

5 Comentários

  1. Eu gosto de ver como que são as coisas, sempre as mesmas pessoas que fazem as mesmas coisas e nunca ficam presos. Tenho vale salientar o excelente trabalho da Polícia Militar e da Polícia Civil que ficam correndo atrás de bandidos hoje, pra que eles fiquem soltas amanhã e continuem “agitando” na sociedade.

    Sem comentar também o Excelente trabalho da Equipe Positiva, sempre em cima das notícias para deixar a população de Três Pontas e Região bem informados.

  2. esse rapaz já furtou varias coisas aqui no meu bairro ,já chegarão ate dar uma surra nele mas de nada adiantou, ele tem muita sorte na vida pois na hora que entrar em um lugar com pessoas de bem e que defenda o que é seu por direito e perigoso não sair com vida. sou contra a violência mas um vagabundo desse solto já é covardia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here