*Polícia encontrou na casa onde ele estava morando no Centro, documentos em nome de várias pessoas e assinaturas que ele treinava, certamente para aplicar golpes em Três Pontas

A Polícia Civil prendeu no Centro de Três Pontas, no fim da manhã desta sexta-feira (18), um idoso de 70 anos, suspeito de estelionato.

José Aparecido Resende foi preso em uma casa na Avenida Oswaldo Cruz onde estava morando. Ele estava foragido desde setembro, quando a polícia realizou uma operação contra estelionatários em Pouso Alegre e Aparecido não foi encontrado. A Polícia Civil de Três Pontas ao fazer levantamentos, descobriu que ele estava na cidade e chegou ao endereço dele nesta manhã, onde cumpriram o mandado de prisão, expedido pela justiça de Pouso Alegre. Segundo a polícia, ele é o líder da organização criminosa que teria aplicado golpes na região, que totalizam cerca de R$1,5 milhão. O grupo emitia notas fiscais frias, tem envolvimento com contrabando e com o roubo de cargas.

José Aparecido treinava as assinaturas, certamente para aplicar mais golpes

Na casa onde ele foi preso, os policiais civis encontraram R$220,00 em dinheiro, cheques em branco emitidos em uma agência de Santa Rita do Sapucaí (MG), vários chips de celulares, cartões de créditos, certidão de casamento, carteira de trabalho, contratos de locações, notas promissórias, recibos, certidões e impostos emitidos pela Prefeitura de Cristais. Tudo estava no nome de diversas pessoas. Em uma folha encontrada no quarto do suspeito, ele treinava assinaturas, demonstrando que certamente aplicaria novos golpes na cidade.

José Aparecido que é natural de Cachoeira de Minas (MG) foi preso, levado para a Delegacia de Policia Civil de Três Pontas e depois encaminhado ao Presídio da cidade.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here