O café é rico em antioxidantes que auxiliam na prevenção de doenças cardiovasculares como o infarto e o AVC.

O ideal é que o consumo seja moderado e não ultrapasse o equivalente a 500 ml por dia. Acima desta quantidade, pode aumentar a pressão sanguínea e aumentar os batimentos cardíacos. 

Benefícios:

  1. Faz bem ao coração (pesquisas recentes confirmam que não há evidências de que o café faça mal para pessoas com doenças cardíacas)
  2. Alivia o estresse (cafeína bloqueia os receptores que causam o estresse)
  3. Diabetes (os ácidos clorogênicos e trigonelinaalcalóide – presentes no café – ajudam na redução de glicose e insulina)
  4. Ajuda na perda de peso (a cafeína estimula a prática de exercícios físicos e aumenta o desempenho. Além de promover a queima de gordura)
  5. Imunidade (a grande quantidade de antioxidantes auxilia no fortalecimento da imunidade)
  6. Humor (o café ajuda a melhorar o humor e estado de espírito. Além de combater a depressão)
  7. Faz bem ao coração (pesquisas recentes confirmam que não há evidências de que o café faça mal para pessoas com doenças cardíacas)
  8. Rejuvenesce (presença de muitos componentes do grupo dos polifenóis e antioxidantes (responsáveis por atrasar o processo de envelhecimento e o aumento da esperança de vida)
  9. Estimula a Digestão (a bebida estimula os intestinos, o reflexo do estômago e do retosigmoide (parte final do intestino grosso), aumentando assim o movimento gastrointestinal e facilitando a digestão)
  10. Osteoporose (“O cálcio tem seu metabolismo rigorosamente controlado por uma série de hormônios e vitamina (vitamina D), de forma que dos 1.200 mg que ingerimos diariamente, apenas 300 mg são absorvidos. Caso precisemos de mais cálcio, o intestino apenas aumenta sua absorção. O consumo moderado de cafeína não causa osteoporose em idosos nem aumenta o risco de fraturas”)
  11. Fortalece a memória (a cafeína tem um efeito positivo em nossa memória de longo prazo, tornando-a mais resistente ao esquecimento)
  1. Alivia os sintomas do mal de Parkinson (cafeína leva à uma melhora, principalmente em relação à velocidade de movimento e redução da rigidez)
  1. Protege contra o Alzheimer  (Uma pesquisa realizada pela Universidade do Sul da Flórida e da Universidade de Miami monitorou os processos de memória e pensamento de 124 pessoas com mais de 65 anos e descobriu que aqueles que tiveram níveis mais elevados de cafeína no sangue evitaram o aparecimento do Alzheimer. Além disso, o café parecia ser a principal ou única fonte de cafeína para esses indivíduos)

Os resultados mostram que tomar café não faz mal. O café de torra clara tem leve tendência a aumentar a pressão arterial. Já o café de torra escura não causou nenhuma alteração na pressão. Houve discreto aumento no colesterol ruim e também no colesterol bom. Observou-se também que, depois de ingerir café, as pessoas normalmente conseguiam andar mais na esteira. Além disso, estudos epidemiológicos realizados pelo Instituto do Câncer americano avaliaram mais de 400 mil pessoas, durante o período de 20 anos. Os resultados, publicados no New EnglandJournalof Medicine, uma das revistas de maior impacto na América, mostram que os pacientes com câncer que tinham o hábito de tomar café morreram menos do que aqueles que não ingeriam a bebida.

Projeto Saúde Clinica Santé –  

CLÍNICA SANTÉ FAZENDO SEMPRE O MELHOR POR VOCÊ. AVENIDA PREFEITO OLINTO REIS CAMPOS, 220 – JARDIM BRASIL –TRÊS PONTAS – MG. TELEFONE: (35)3265-3324/(35)3265-3511

COMPARTILHAR