Com o intuito de garantir segurança aos pacientes quanto ao Coronavírus, a direção do Hospital São Francisco de Assis montou mais uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) na Santa Casa. A estrutura conta com seis novos leitos, com três aparelhos respiradores adultos e dois infantis e foi montada onde antigamente era a UTI. O provedor da Santa Casa Michel Renan Simão Castro, afirmou que a ala foi pensada no intuito de garantir mais segurança aos pacientes. O entendimento dos médicos, é que neste momento não é prudente colocar pacientes com o novo Coronavírus, junto aos demais com outras patologias, evitando uma possível contaminação.

O Hospital adquiriu para este novo setor, três respiradores adultos  e dois infantis, além das bombas infusoras, que servem para ministrar os medicamentos e os monitores onde são feitos o acompanhamento da situação do paciente. O respirador que tem sido tão falado e procurado pelos órgãos de saúde, é um ítem de um kit. Agora, são 15 respiradores no total, sendo que seis dos que a Santa Casa já possuia pode ser colocado, cada um deste pode atender dois pacientes, em um caso excepcional, de emergência.

A nova estrutura foi viabilizada graças ao apoio de alguns empresários, que prontamente atendeu ao pedido da direção. Foi feita uma reforma no local, adquiridos os aparelhos, mas pouca coisa precisou ser alterado, isto porque lá ja funcionava uma UTI. “Nós vivemos em uma cidade abençoada, de pessoas com o coração aberto e comprometidas. Tenho que agradecer mais uma vez a população e os empresários que se preocupam com a questão social”, ponderou Michel Renan.

O diretor clínico da Santa Casa Dr. Eduardo Vasconcelos e o provedor Michel Renan

O diretor clínico da Santa Casa Dr. Eduardo de Vasconcelos Camargo, disse que foi uma sorte grande esta área antiga estar parada, desde quando a UTI foi modernizada e instalada em um novo local. Se o espaço é suficiente para a demanda, é dificil prever, já que a pandemia provocada por este vírus é algo novo, mas é preferível preparar para o pior, do que acontecer e não ter condições de fazer as internações.

Sobre o uso do respirador, o médico diz que  elel é uma ferramenta importantíssima, mas ele precisa dos monitores, gasômetro, bomba de infusão, além de uma grande equipe. É necessário fisioterapeutas, técnicos de enfermagem, enfermeiros e médicos. A equipe para atuar em uma UTI, precisa passar por treinamentos específicos e saber lidar com estes aparelhos e nem todos tem esta habilidade. A direção do Hospital tem conversado com a direção técnica e clínica, estudando a possibilidade de ter estes profissionais, mas não tem como montar a equipe e deixá-la a esperando. É preciso analisar como as coisas vão evoluir para que outras providências sejam tomadas.

Dr. Eduardo analisa que a situação atualmente em Três Pontas é tranquila. Casos suspeitos tem sido tratados na UTI e na enfermaria do Hospital, com folga, mas o que ele tem visto é que cidades do entorno já tem casos de Coronavírus confirmados. Ele admite que haverá casos da doença na cidade e acrescenta que até teremos que ter, para criar a barreira imunológica, porque é pegando a doença que se cria resistência. O médico acredita que até o final do mês possa começar a positivar casos aqui no Município. Por isto, reforça que o isolamento social é importante para que se evite um pico epidemiológico muito intenso, pois nenhuma estrutura de saúde realmente tem como dar vazão a todos os casos que possam aparecer, que é a grande preocupação.

Campanha arrecada TNT

Vestimentas usadas pelas profissionais foram produzidos com doação

Uma campanha lançada nas redes sociais já ganhou muitos adeptos. Apesar das dificuldades financeiras que todos enfrentam neste momento, o Hospital São Francisco de Assis está conseguindo parceiros que estão doando dinheiro para a compra de TNT, que está sendo usado para confeccionar máscaras e aventais, para a equipe médica e de  todos os servidores da Santa Casa, que estão na linha de frente de atendimento aos pacientes com Coronavírus. A Tecnotêxil está doando toda a confecção. Eles tem medidas e formatos específicos para os profissionais de saúde.

A Papelaria Auge procurou a Santa Casa e está comercializando os rolos de TNT a preço de custo. Depois outros estabelecimentos também abraçaram está causa doando e fazendo o material a preços de custo. Todos que quiserem contribuir com qualquer quantia podem entrar em contato no Hospital através do telefone 3265-9700 ou com Mariliz Castro no 9 9989-6122.

Adiado sorteio de prêmios da Campanha da Mãozinha

Devido a pandemia da Covid-19, o sorteio da Campanha da Mãozinha foi adiado para o sábado dia 27 de junho. Até lá, a campanha continua e os cupons estão a venda na portaria da Santa Casa e com voluntários. Quem compra uma mãozinha por apenas R$2 cada uma, concorre a 13 prêmios.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here