Um jovem trespontano de 20 anos, é um dos cinco presos em uma operação da Polícia Nacional, na segunda-feira passada, dia 18 de novembro, em Capitán Bado, cidade paraguaia vizinha de Coronel Sapucaia (MS), a 400 km de Campo Grande.

Bruno Lourenço Boa Ventura, foi preso em uma casa suspeito de envolvimento em crimes de pistolagem na Linha Internacional. Foram presos também Lucas Frazão Manoel, 32, morador no Rio de Janeiro, Cristian Alberto Roberti da Silva, 37, residente em São Paulo, Kleiton Marciano do Nascimento Santia, 29, morador em Amambai e Kelli Cristiane da Silva, 30, de Coronel Sapucaia.

Na casa os policiais encontraram uma pistola Bersa calibre 22, cinco celulares e uma moto Kenton com placa do Paraguai. Um mandado de busca foi expedido pela justiça, após a polícia receber informação de que no local estaria escondido um brasileiro suspeito de crimes de pistolagem na fronteira.

Os brasileiros presos foram levados para a Delegacia da Polícia Nacional em Capitán Bado para serem identificados com apoio da Polícia Civil de Mato Grosso do Sul. Todos estavam ilegais no Paraguai.

O trespontano preso já tem passagens pela polícia. No Paraguai, o crime de pistolagem são os crimes cometidos por laranjas, os chamados “mulas” que emprestam seus nomes para abrir empresas para receber dinheiro, fazer o transporte de armas e drogas.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here