Vereadores questionaram nos bastidores da Câmara a iniciativa do prefeito Paulo Luis Rabello (PPS), em fechar a Prefeitura de Três Pontas na sexta-feira (28). Ninguém se manifestou, mas ficou claro que os representantes do Poder Legislativo também foram argumentados quanto a folga dada aos servidores.

A Equipe Positiva que publicou uma reportagem no fim de semana sobre o caso, ouviu durante uma entrevista coletiva, o presidente da Associação Comercial e Agro Industrial de Três Pontas Michel Renan Simão Castro (foto). Quem procurou a prefeitura, ou precisou fazer algum serviço no Paço Municipal encontrou as portas fechadas. Nenhuma divulgação, nem mesmo uma faixa foi afixada no prédio ou um comunicado à imprensa ou no site oficial da Prefeitura foi feito. Teve gente que tinha exames marcados ou procedimentos agendados na Secretaria de Saúde que foi cedo para os setores mas as portas não se abriram.

Michel prefeituraDe acordo com Michel Renan, as reclamações estavam chegando até a tarde de segunda-feira (03). Um empresário que veio de Lambari, teria ido até a Associação para saber porque da prefeitura estar fechada. Nem mesmo a entidade foi comunicada. “Não estou aqui para criticar, mas situações como esta são inaceitáveis porque quem perde e sai prejudicado é a população. O Poder Público tem que entender que está a nosso serviço. Se não divulgou, houve no mínimo falta de organização ou mais uma demonstração de atropelo, de truculência”, critica Michel Renan, que afirma que a Acai está pronta sempre para colaborar. “Ninguém questiona o descanso merecido dos funcionários, mas sim, a falta de divulgação da iniciativa”, acrescentou.

Na sua fala a alguns veículos de comunicação da cidade, Michel demonstrou claramente que não concorda com atitudes que vem sendo adotadas pela Administração do prefeito Paulo Luis Rabello e que segundo ele, vem desagradando. O empresário e líder associativista, disse que quando votou em Paulo Luis, nas Eleições de 2012, imaginou que teria orgulho durante estes quatro anos, bem o contrário do que sente hoje. “Hoje estou extremamente decepcionado de ver como está sendo conduzido. Não estou dizendo que estão fazendo coisas erradas na Prefeitura, mas as pessoas que são eleitas pelo povo e está serviço da população, precisa saber ouvir e respeitar”, opinou. Michel deixa bem claro que não possui problemas pessoais com o prefeito e, que todas as vezes que faz questionamentos é no intuito de colaborar.

O prefeito Paulo Luis Rabello afirmou que esperava uma divulgação do fechamento da Prefeitura por parte de sua Assessoria de Imprensa, o que não aconteceu.

COMPARTILHAR

Comentários