A Base Descentralizada do SAMU, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência de Três Pontas, que está em funcionamento no Sul de Minas desde 31 de janeiro, foi oficialmente inaugurada na tarde desta segunda-feira (09). Três Pontas foi beneficiada com uma das 34 unidades do Sul de Minas, onde trabalham 10 profissionais que possuem uma Unidade de Suporte Básico (USB “ambulância”). A Unidade fica abaixo da Rodoviária e ao lado da sede da Guarda Civil Municipal (GCM). A Central Operativa da Rede de Urgência da Região fica em Varginha. A base atende também as cidades em um raio de 150 quilômetros, entre elas, os municípios que integram a micro região, como Santana da Vargem, Coqueiral, Boa Esperança e Ilicínea.

02
O secretário municipal de Saúde Hermógenes Vanelli, o vice prefeito Érik dos Reis, primeira dama e secretária de Assistência Fátima Rabello, o prefeito Paulo Luis e o presidente da Câmara Luis Carlos

A solenidade foi rápida e contou com a presença das autoridades do Município, que sentiram falta da presença da equipe regional do SAMU de Varginha e da Gerência Regional de Saúde (GRS).

Apenas quem falou foi o presidente da Câmara Luis Carlos da Silva (PPS) e o prefeito Paulo Luis Rabello (PPS). Luisinho apenas demonstrou a sua satisfação com o atendimento que vem de encontro a necessidade da população. Parabenizou a equipe que está trabalhando e a Administração.

O prefeito Paulo Luis, acompanhado de seu vice Érik dos Reis Roberto (PSD), alguns vereadores, servidores da Prefeitura, assessores e secretários da Administração, fez um breve discurso. Contou que tudo começou no mandato de Argemiro Galvão, ex-prefeito de Santana da Vargem que presidiu o Consórcio Intermunicipal de Saúde da Macro Região do Sul de Minas, com sede em Varginha e colocado em prática através do secretário de Saúde Hermógenes Vanelli e do procurador Leiner Marchetti Pereira, na época trabalhando em Santana da Vargem. “Se não fossem estas três pessoas não estaríamos tendo este serviço, ou ele demoraria muito mais para se implantado, o que tem ajudado os trespontanos e o Sul de Minas”, afirmou. Quando o governador Fernando Pimentel foi a Varginha inaugurar a Base Central, não foi feito justiça, considera Paulo Luis, já que foi lembrado pelo Governo apenas o ex-prefeito de Varginha, Eduardo Corujinha. Fizeram sem perceber um centavo do erário público. “Hoje existem cargos e mais cargos que são distribuídos pelo Governo do Estado e o Governo Federal para que as pessoas possam administrar bem o SAMU”, acrescentou o Chefe do Executivo.

O Serviço, avalia Paulo Luis, vem funcionando bem e ajudando na eficiência da saúde. “Infelizmente causa tristeza em alguns e serve de muleta eleitoreira de outros” diz. A cidade é referência e esta é a realização de um sonho que ele tinha desde a sua primeira gestão, entre 2005 e 2008, quando foi ministro da Saúde Saraiva Felipe.

Concluiu seu discurso colocando a Administração a disposição do SAMU como companheira. A unidade foi aberta a visitação, onde foram recebidos pelo condutor socorrista Frederico Alexandre Ribeiro. Os outros funcionários haviam saído para atender a três chamados. Na última ligação, alguém ligou no 192 passando a informação de que havia gente passando mal no Terminal Rodoviário. Quando os socorristas chegaram descobriram ser mais um trote.

08
O condutor socorrista Frederico Ribeiro apresenta a Base ao prefeito Paulo Luis e o vice Érik

Números do SAMU em Três Pontas

Desde que começou a funcionar, o SAMU prestou 135 atendimentos aos trespontanos, sendo que 61 resultaram em orientações médicas e 11 vezes a ambulância saiu sem prestar nenhum serviço. A Unidade de Suporte Básico foi utilizada 132 vezes e a de Suporte Avanço, que requereu um atendimento mais especializado 3. Deste total mencionado, 91 foi por causas clínicas, 34 traumáticas, pediátricas, 4 pediátricas, 4 psiquiátricas e 2 obstétricas.

A maioria dos trespontanos atendidos pelo serviço são homens, entre 20 e 40 anos de idade. Eles fizeram o chamado 42 vezes. Foram 24 chamados para crianças de 0 a 1 ano de idade, 5 de 2 a 9 anos,  8 socorro para pacientes entre 10 e 19 anos, entre 41 a 60 anos 24 e 12 acima de 60 anos.

O SAMU de Três Pontas prestou atendimento a 82 homens e 53 mulheres. Ele pode ser utilizado para a transferência de paciente de alta gravidade para hospitais de outras cidades.

destaque povo

Veja outras cidades atendidas pelo SAMU

Campanha – Cambuquira – Cambuí – Camanducaia – Campos Gerais – Campo do Meio – Carmo de Minas – Soledade de Minas – Três Corações – Carmo do Rio Claro – Areado – Boa Esperança – Cachoeira de Minas – Varginha – Caldas – Elói Mendes – Espírito Santo do Dourado – Fama – Extrema – Gonçalves – Guapé – Guaxupé – Cássia – Caxambu – Delfinópolis – Machado – Luminárias – Lavras- Lambari – Juruaia – Nepomuceno – Muzambinho – Monte Sião – Monte Santo de Minas – Itajubá – Ijaci – Jacutinga – São João Batista do Glória – São Gonçalo do Sapucaí – Santa Rita do Sapucaí – Santa Rita de Caldas – São Sebastião do Paraíso – São Lourenço – Alfenas – Paraisópolis – Alpinópolis – Passos – Pedralva – Ouro Fino – Paraguaçu – Pouso Alegre – Piranguçu e Piumhi.

COMPARTILHAR

Comentários