GEDSC DIGITAL CAMERA

Galpão vai abrigar de forma adequada pneus inservíveis

Depois de construir o Aterro Sanitário e de elaborar o Plano de Saneamento Básico, Três Pontas ganhou oficialmente na manhã desta sexta-feira (20), o Ecoponto, local de destinação de resíduos pneumáticos. O galpão construído ao lado do Centro de Eventos Wagner Tiso, nos Quatis, tem 300 metros quadrados e foi construído com recursos próprios, um investimento de R$27 mil.

O local foi projetado para receber gratuitamente materiais inservíveis, no caso específico, pneus; de bicicletas, carros, motos, caminhões e tratores, com o objetivo de estimular as pessoas a fazer o descarte no local certo e assim, evitar que sejam jogados em via pública ou em terrenos de outros e causem transtornos à população e danos ao meio ambiente. O espaço ganhou o nome de Antônio Leopoldino, citação feita no fim do cerimonial.

Os proprietários de borracharias e oficinas a partir de agora, entregam os pneus no posto e a Secretaria de Meio Ambiente recolhe e os encaminha para uma empresa recicladora, garantindo a destinação ambientalmente adequada. O horário de funcionamento do ponto é das 8:00 as 16 horas, mas o horário de entrega é agendado pela Secretaria de Meio Ambiente pelo telefone 3266-2094.

GEDSC DIGITAL CAMERA

A inauguração foi rápida, contou com a presença de autoridades do Executivo e do Legislativo, profissionais de borracharia e ganhou teve discursos rápidos que focaram questões políticas que chamaram a atenção.

A secretária de Meio Ambiente Evânia Rocha Moreno foi breve ao microfone, resumiu apenas o orgulho imenso em participar da entrega do barracão e da luta que o prefeito Paulo Luis abraçou junto a equipe do meio ambiente e reforçou que todos os esforços que forem necessários para que o Ecoponto contribua com o meio ambiente junto com outras ações, está disposta a fazer.

O presidente da Câmara de Vereadores Luis Carlos da Silva (PPS), enalteceu a importância da obra para o meio ambiente, mas pediu licença para fazer elogios pessoais a Paulo Luis. Parabenizou a forma que está conduzindo a gestão financeira do Município, por isto, na visão de Luisinho, o prefeito é um excelente administrador. Desejou que as críticas não o abale, mas que sirvam para lhe dar forças para continuar lutando em prol de Três Pontas melhor.

Para o prefeito Paulo Luis, o meio ambiente oferece aos seres vivos as condições essenciais para a sobrevivência. Porém, muitas pessoas ainda não compreendem isso e ao desenvolver suas atividades socioeconômicas, destroem de forma irracional as bases da sua própria sustentação. Afirmou que o galpão foi construído com recurso próprio, da economia feita através de muito sacrifício. Segundo ele, desperta ira em muitas pessoas que se beneficiavam do dinheiro público de forma desonesta. Quando assumiu, acabou com as farras de horas extras e indevidas e com os gastos homéricos com festas que nem sempre valiam o que pagavam.

Paulo Luis continua fazendo revelações surpreendentes durante seus discursos nas inaugurações realizadas recentemente. Desta vez, voltou a criticar a sua antecessora Luciana Mendonça, sem citar nomes. Contou que na última Festa do Peão realizada pela administração anterior foi gasto R$900 mil, o que ele classifica como absurdo. Com este mesmo valor, a atual Administração conseguiu construir uma escola, se referindo ao prédio da Escola Municipal Edna de Abreu, no bairro Santa Edwirges.

Se dirigindo ao seu presidente da Câmara Luisinho, o gestor disse que não se curva diante das críticas e que elas não diminui a vontade de realizar perante as dificuldades. Ao contrário, o enche de vontade e por isto, estufa o peito de coragem para lutar.

COMPARTILHAR

Comentários