02

Uma comissão foi formada para planejar ações que visam levantar recursos para a Santa Casa de Misericórdia do Hospital São Francisco de Assis de Três Pontas. A ideia foi prontamente abraçada, por prefeitos e políticos da região que dependem do atendimento da Santa Casa para os moradores de suas cidades.

A situação financeira cada vez pior, o endividamento das Santas Casas do Brasil, não é diferente da crise que vive o Hospital de Três Pontas, que luta para manter as portas abertas. Sustentar o serviço de qualidade funcionando, só está sendo possível graças ao apoio da comunidade, que contribui com doações na conta de água do SAAE e sempre abraça iniciativas e também a prefeitura de Três Pontas que repassa religiosamente todos os meses, subvenção e dinheiro da gestão compartilhada com o Pronto Atendimento Municipal (PAM). O Hospital tem dificuldades em receber verbas, por conta da falta da Certidão Negativa de Débitos (CND). O empecilho impede que as outras prefeituras contribuam.

Entendendo que os outros municípios também precisam ser parceiros, para garantir o atendimento aos pacientes que pertencem a micro região de Três Pontas, Santana da Vargem, Coqueiral, Boa Esperança e Ilicínea, é que uma reunião foi realizada na última sexta-feira (22), no gabinete do prefeito de Santana da Vargem, Vitor Donizeti Siqueira “Vitor Elói” (PT). Foi o próprio gestor que conduziu a conversa e enfatizou que medidas emergentes, rápidas e concretas precisam ser tomadas para acudir o Hospital São Francisco de Assis. Uma forma a curto prazo é a realização de um bingo. O “Bingo da Santa Casa”, deve ser realizado em agosto, no Estádio Municipal Ítalo Tomagnini, o Campo do TAC, sorteando prêmios que serão arrecadados pelos prefeitos, que usarão a influência política para uma boa causa. Dinheiro, geladeira, TV, motos e um carro 0 km, foram sugeridos para encher os olhos dos participantes e acima de tudo, ajudar.

Como tudo é importante para conseguir dinheiro, uma praça de alimentação deve ser montada, coordenada pela ONG que está sendo formada. A campanha de arrecadação vai mostrar aos empresários que o atendimento feito em Três Pontas é fundamental, referência e vital, por isto a união dos municípios.

A assessoria jurídica elabora a questão legal do evento em prol a Santa Casa e um mutirão de vendas será encampado em todas estas localidades. Em seguida, um leilão de gado também já é pensado.

Uma próxima reunião já foi agendada entre eles, para o dia 03 de junho, as 9 horas, novamente em Santana da Vargem, para concretizar a ação.

01

Participaram – o prefeito de Santana da Vargem Vitor Elói, o prefeito e vice de Boa Esperança, Antonio Carlos Vilela e Divino José Costa, a administradora da Santa Casa Keila Maria de Lima, o secretário de saúde de Coqueiral Aguinaldo Silva, o presidente do Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos e Serviços de Saúde do Município de Três Pontas, José Nilson de Paula Araújo, o presidente do Conselho Municipal de Saúde de Três Pontas José Lúcio da Silva e o presidente da Câmara de Três Pontas vereador Luis Carlos da Silva.

COMPARTILHAR

Comentários