Um detento de 22 anos que foi beneficiado pela justiça levou um tiro na tarde desta sexta-feira (10), no bairro São Judas Tadeu em Três Pontas.

Segundo a Polícia Militar, Anderson Vitor de Andrade sofreu um tiro na barriga e foi socorrido pelo SAMU para o Pronto Atendimento Municipal (PAM), sangrando muito. Quando os militares chegaram no local, a vítima se negou a dar informações do que havia acontecido. Depois de muita insistência, Anderson revelou que quem havia atirado contra ele foi Alessandro Vitor Pinheiro Paulino Filho de 18 anos.

A polícia foi até alguns endereços onde estaria residindo o suspeito, nos bairros Aristides Vieira e São Judas Tadeu, porém ele não foi encontrado.

Anderson passou por cirurgia no início da noite e em seguida encaminhado para a Unidade de Terapia Intensiva do Hospital São Francisco de Assis.

Anderson Andrade tem passagens por diversos crimes e estava preso no Presídio de Três Pontas. Foi beneficiado pela justiça com uma saída temporária, deveria ter retornado um dia antes, na quinta-feira (09), por isto, o sistema informatizado apontou “fuga em aberto”.

Vítima é um preso conhecido com diversas passagens

Em novembro de 2013, Anderson Vitor de Andrade foi preso acusado de participar de um assalto a um posto de combustíveis no Centro, em frente ao Fórum Dr. Carvalho de Mendonça. Ele e um comparsa, pararam uma motocicleta em frente a agência do Banco do Brasil e seguiram a pé até o posto de gasolina. Um deles ficou do lado de fora, enquanto o outro, usando capacete entrou na loja de conveniência, comprou balas e perguntou ao funcionário se ele tinha troco para R$50. Momento em que o atendente foi buscar o dinheiro, o rapaz levantou a blusa, mostrou uma arma que estava na cintura e pediu todo o dinheiro. Foram levados cerca de R$180 em dinheiro. Eles fugiram a pé. Anderson e seu parceiro do crime, foram encontrados em casa no bairro Vila Marilena. A arma utilizada no assalto era de brinquedo e foi apreendida.

Anderson Andrade se envolveu em um crime em março de 2015, de grande repercussão em Três Pontas. Ele teria assaltado junto com um menor de 16 anos, uma lanchonete no bairro Jardim das Oliveiras, porém, o dono do estabelecimento perseguiu os criminosos que fugiram em uma motocicleta e fizeram vários disparos no trajeto. No bairro Aristides Vieira, o menor acabou caindo, foi socorrido em estado grave para o PAM e morreu dias depois. Anderson teria conseguido fugir. (Foto: Arquivo – EP)

COMPARTILHAR

Comentários