* EXCLUSIVO – Rone fez contato com a Equipe Positiva para esclarecer que sobrinho não estava em alta velocidade

Com o coração dilacerado pela morte do filho Nijini Rangel de 19 anos, vítima de um acidente na MG 167 em Três Pontas na tarde deste sábado (03), o servidor público Rone César Brito de 47 anos fez contato com a Equipe Positiva, para esclarecer sobre comentários que estão sendo postados no site e nas redes sociais.

Rone desmente a informação de que seu sobrinho, Lucas de Brito de 27 anos que dirigia o Golf estaria em alta velocidade. Como estava chovendo, o motorista estaria a menos de 80 quilômetros por hora e que tudo não passou de uma fatalidade. Chorando bastante, Rone contou que ele, o seu filho Nijini, a esposa Patrícia, Jéssica e o sobrinho Lucas voltavam de São Thomé das Letras. Na cidade chovia muito e eles resolveram voltar mais cedo. Eles saíram por volta das três horas da tarde e voltariam por Nepomuceno. Porém, quando entraram na Fernão Dias, o próprio Rone, resolveu fazer outro caminho e voltar por Três Corações, e, assim foi feito.

Ainda de acordo com Rone César, o carro aquaplanou e acabou batendo nos pés de eucaliptos. “Preciso corrigir a injustiça do que estão falando do meu sobrinho. Ele não estava correndo e não havia bebido”, explica Rone que está internado no Hospital Bom Pastor em Varginha.

Rone não pode vir no sepultamento do corpo do filho que foi enterrado na tarde deste domingo (04), no Cemitério de Três Pontas.

ESTADO DE SAÚDE DAS VÍTIMAS

Já a esposa de Rone César, Patrícia Vitar Costa de 42 anos está internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Regional e passará por cirurgia. Jéssica Silva Dias de 23 anos que está grávida de 5 meses está internada na UTI e vai passar por exames para ver a situação do bebê. O estado de saúde dela é estável. Lucas sofreu ferimentos leves foi atendido e já liberado.

O ACIDENTE

De acordo com a Polícia Militar Rodoviária Estadual de Varginha, Lucas de Brito de 27 anos, conduzia um Golf sentido Varginha-Três Pontas, quando na altura do quilômetro 29, próximo do Condomínio Serra Verde, ele perdeu o controle da direção, saiu da pista e se chocou contra árvores nas margens da rodovia. Com o impacto da batida, algumas das vítimas foram lançadas para fora do veículo e outras ficaram presas nas ferragens. Elas foram socorridas pelo Corpo de Bombeiros.

_MG_7297 copy

RESPONSABILIDADE

A Equipe Positiva não tem o ímpeto de publicar rapidamente informações de acidentes e outras reportagens para sair na frente. Consideramos que é mais importante apurar afundo, como sempre fazemos, para então poder informar. Versões sem uma fonte fidedigna, ou informações e nomes que não reais, podem causar um estrago ainda maior. É por isto que as vezes publicamos a chamada de uma matéria e ela demora para ser postada, pois a Equipe Positiva está checando todas as informações. Isto porque, fazemos um jornalismo com responsabilidade, seriedade o que nos faz referência.

COMPARTILHAR

Comentários