A Central de Embalagens Vazias de Três Pontas, administrada pela Associação Regional dos Engenheiros Agrônomos estará de portas abertas à comunidade nesta terça-feira (18), no Dia Nacional do Campo Limpo.

A data é comemorada há mais de 10 anos, todo dia 18 de agosto e já reuniu cerca de um milhão de pessoas em todo o Brasil. Desde 2002, quando a Unidade em Três Pontas foi aberta, todas as datas mobilizaram agricultores, autoridades e estudantes das redes municipal, estadual de ensino, juntamente com o Colégio Prósperi.

Os visitantes poderão conhecer as etapas do trabalho realizado pela Unidade de recebimento, para destinar corretamente e dentro das normas ambientais as embalagens de defensivos agrícolas usados nas propriedades rurais do Município e de outras cidades da região do Sul de Minas, além de participar de atividades culturais e educacionais que incentivam a preservação do meio ambiente. Também foi desenvolvido um concurso de desenho e redação e os alunos que vencerão receberão a premiação. Tudo será dentro da sede localizada na Rua Barão da Boa Esperança 2.340 na saída para Campos Gerais.

O dia festivo será aberto as 8:30 com a presença de autoridades e convidados. Eles assistirão uma peça teatral e depois vão prestigiar uma homenagem ao produtor rural de Três Pontas. Como todos os anos um é referenciado, desta vez será Eduardo Junqueira Nogueira, parceiro constante que devolve suas embalagens contribuindo para um meio ambiente melhor.

O Dia Nacional do Campo Limpo só vai terminar as 17 horas.

Só a Central de Recebimento de Embalagens Vazias de Três Pontas recolheu de 2004 até 30 de julho de 2015, 233.375 embalagens. Deste, 213.420 foram lavadas e 19.955 não lavadas.

Sobre o Dia Nacional do Campo Limpo

O Dia Nacional do Campo Limpo foi instituído no calendário brasileiro em 18 de agosto, por meio da Lei Federal 11.657 de 16 de abril de 2008. Cerca de um milhão de pessoas, de todo o país, já participaram das comemorações; em 2014 foram 92 mil. A celebração da data é realizada pelas centrais de recebimento de embalagens vazias, com apoio do inpEV, seus associados fabricantes de defensivos agrícolas, entidades representativas do setor (Abag, Aenda, Andav, Andef, Aprosoja, CNA, OCB e Sindag), organizações públicas (governo municipal e estadual) e privadas, além de outros apoiadores locais.

COMPARTILHAR

Comentários