A Escola Municipal Professora Nilda Rabello Reis – Caic escreveu mais um capítulo na sua história na manhã desta quinta-feira (22), com a inauguração do seu novo Parque Recreativo “Dona Marlene”.

Autoridades políticas e profissionais da educação de Três Pontas prestigiaram a cerimônia, marcada pela emoção em homenagear sua ex diretora Dona Marlene, que empresta seu nome ao espaço e pelo reconhecimento da atuação do seu atual diretor geral, Celso Vitor Fernandes Júnior “Marron”, que está se destacando pelo seu empreendedorismo na gestão escolar.

A Escola Caic atende a educação infantil e o ensino fundamental, conta com 723 alunos e tem mais 170 crianças no Centro Municipal de Educação Infantil. Todas do turno matutino acompanharam a inauguração do novo espaço, totalmente revitalizado. Um coral formado pelos próprios alunos apresentou a canção “Como é grande o meu amor por você” de Roberto Carlos, em homenagem a Dona Marlene. Enquanto isto, ela recebia botões de rosas vermelhas, o carinho e o abraço de quem a tanto admira.

A trajetória de Irma Alexandrina de Azevedo, ou Dona Marlene, como todos a conhecem foi contada. Junto ao prefeito Marcelo Chaves Garcia e seus familiares, ela também se emocionou. Sua história está intimamente ligada a educação. Desde que a mocinha se formou no magistério na Escola Coração de Jesus e se descortinou a verdadeira vocação em educadora no sentido mais amplo da palavra, Dona Marlene não parou mais. Educar sempre foi além de passar conhecimento, mais o compromisso de formar cidadãos, de conhecer cada aluno e sua família, apontar direção, alavancando o potencial de cada um. Lecionou de 1953 a 1954 na Escola da Fazenda Espera. De 1955 a 1959 na Escola da Fazenda Santa Terezinha e em 1960 foi para a Escola da Fazenda Boa Vista onde também foi diretora, deixando um rastro de gratidão e reconhecimento em todos com quem se envolvia de todas as formas, seja na educação, na ação social, nos eventos e festas, sempre visando um futuro melhor para todos.

Aposentadoria não significa que seja a hora de parar. Ao se aposentar na Boa Vista, com a garra dos vencedores, formou-se em nível superior em administração escola, supervisão escolar, ciências sociais e estudos sociais. Dona Marlene dobrava turno na Escola Estadual Prefeito Jacy Junqueira Gazola como professora de geografia. Com toda a sua competência e liderança, foi vice diretora do saudoso Celso Macário no Jacy e em 1997, foi convidada para assumir a diretoria pedagógica do Caic e com o mesmo dinamismo e seriedade de sempre, exigia o melhor de cada profissional. Atuou no Caic por 12 anos, deixando sua marca de eficiência, de justiça e de comprometimento com a educação.

Dona Marlene foi ao microfone e disse que estava extremamente honrada em estar recebendo a homenagem, que dividiu com toda a equipe de funcionários que trabalharam com ela durante estes 12 anos. Isto porque, segundo ela, foi muito bem assessorada, por todos os servidores e pelas administrações municipais. Ela revelou que chegou ao Caic como diretora pedagógica a convite do professor Celso Macário. Ao retornar hoje para a homenagem, Dona Marlene fez votos que o parque que leva seu nome, seja um local de lazer, alegria e felicidade e que as crianças contemplem o belo e transforme pequenas coisas em um espetáculo. O arquiteto Gilmar Vilela, sobrinho de Dona Marlene falou em nome da família agradeceu a honraria que classifica como justa e merecida com profissionalismo e dedicação enorme. Na Boa Vista, cada aluno estava em seu coração, ia na casa dos pais saber porque. Homenagem em vida, desta forma a pessoa pode perceber ela quanto foi importante para sua comunidade e foi importante.

A ex diretora não deixou apenas rastros, mas pegadas que podem e devem ser seguidas, deixou história, legado, ensinamentos, moldou e lapidou profissionais, avalia o atual diretor geral do Caic Celso “Marron”. Ao falar daquela que ele sucedeu, “Marron” disse se tratar de uma grande mulher, forte, decidida, protetora, autêntica, mas que sempre traz um sorriso no rosto, após o recado dado. Sobre o parque, ele afirmou que seria apenas um sonho dele, se não tivesse tido a graça de poder contra com parceiros e amigos. “É com certa euforia que vejo hoje esta obra sendo inaugurada em nossa escola, que trará um incentivo a mais para o publico alvo que é os alunos”, disse o diretor.

O presidente da Câmara Municipal de Três Pontas, vereador Maycon Douglas Vitor Machado, não compareceu por estar em viagem oficial em missão ao cargo que ocupa. Por isto, ele enviou a servidora Rosa Maria Reis Chagas para representá-lo. Uma mensagem dele foi lida, enaltecendo o trabalho desenvolvido que muito contribuirá para motivar as crianças a agirem socialmente, ajudando umas às outras na diversão e aprendizado, desenvolvendo suas competências emocionais e sociais, no novo playground.

O prefeito Marcelo Chaves reconheceu a dedicação de Dona Marlene ao longo de tantos anos à educação e acrescentou que Marron tem seguido o caminho dela e os resultados disso tem sido notórios. “Sei que o que está sendo desenvolvido aqui é fruto de muito trabalho de toda uma equipe”, registrou. O gestor comentou com as crianças a participação dos alunos da Escola Estadual Monsenhor Silveira e disse que todos podem alcançar seus sonhos, basta acreditar e nunca desistir.

COMPARTILHAR