A Eleição deste domingo definiu quais serão os 77 deputados estaduais que vão formar a Assembleia Legislativa de Minas Gerais a partir do ano que vem. Os mineiros reelegeram 46 parlamentares e elegeram 31 novos para a 19ª Legislatura da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), que tem início em 1º de fevereiro de 2019. Houve, portanto, uma renovação de 40,25%. O índice de renovação leva em consideração apenas a composição atual da legislatura.

Dos 63 atuais deputados que tentaram reeleição para a Casa, 46 retornam, perfazendo um índice de 73% de sucesso.

Oito deputados que ainda exercem mandato nessa 18ª Legislatura se candidataram a deputado federal e um a senador. Também o presidente da Casa, deputado Adalclever Lopes (MDB), foi candidato a governador do Estado e não foi eleito, obtendo 2,77% dos votos, abaixo do governador Fernando Pimentel (PT), com 23,08%. Passaram para o segundo turno Romeu Zema (Novo), com 42,78%, e Antonio Anastasia (PSDB), com 29,04%.

Fábio Cherem (PDT) tentou uma vaga no Senado, mas também não foi eleito, obtendo 5,10% dos votos. Os escolhidos pelos mineiros foram Rodrigo Pacheco (DEM), com 20,5%, e Carlos Vianna (PHS), com 20,23% dos votos.

Dos oito parlamentares que se candidataram a deputado federal, seis foram eleitos. São eles: Fred Costa (Patri), Gilberto Abramo (PRB), Lafayette de Andrada (PRB), Paulo Guedes (PT), Rogério Correia (PT) e Emidinho Madeira (PSB). Os deputados Fabiano Tolentino (PPS) e Felipe Attiê (PTB) não conseguiram se eleger para a Câmara Federal.

Os quatro deputados que não se candidataram a qualquer cargo foram Anselmo José Domingos (PTC),Tiago Ulisses (PV), Missionário Marcio Santiago (PR) e Cabo Júlio (MDB).

Renovação – Os índices de renovação da Assembleia Legislativa têm se alterado ao longo dos últimos 20 anos, refletindo mudanças no cenário nacional, mas não chegaram a atingir metade do parlamento.

Em 1998, último mandato do presidente Fernando Henrique Cardoso, os novos deputados representaram 38,97% do parlamento eleito naquele ano. Na eleição de Luiz Inácio Lula da Silva, em 2002, a Casa apresentou o maior índice de renovação desse período: 46,75%.

Em 2006, as mudanças ocorreram em 40,25% das vagas. A renovação nas eleições de 2010 e 2014 voltou a representar pouco mais de um terço dos deputados que tentaram reeleição: 36,36% e 33,77%, respectivamente.

Veja os 77 deputados para o mandato 2019/2022:

1) Mauro Tramonte (PRB) – 516.390 votos
2) Sargento Rodrigues (PTB) – 123.648 votos
3) Bruno Engler (PSL) – 120.252 votos
4) Cleitinho (PPS) – 115.491 votos
5) Noraldino Junior (PSC) – 114.807 votos
6) Cássio Soares (PSD) – 113.003 votos
7)Leandro Genaro (PSD) – 98.717 votos
8) Beatriz Cerqueira (PT) – 96.824 votos
9) Léo Porela (PR) – 93.869 votos
10) Virgílio Guimarães (PT) – 91.204 votos
11) Fábio Avelar (Avante) – 83.718 votos
12) Dr. Jean Freire (PT) – 82.867 votos
13) Arlen Santiago (PTB) – 82.130 votos
14) Delegada Sheila (PSL) – 80.038 votos
15) Carlos Henrique (PRB) – 79.088 votos
16) Cristiano Silveira (PT) – 79.078 votos
17) Tito Torres (PSDB) – 78.862 votos
18) Mário Henrique Caixa (PV) – 76.527 votos
19) Del. Heli Grilo (PSL) – 75.920 votos
20) João Vitor Xavier (PSDB) – 75.256 votos
21) Sávio Souza Cruz (MDB) – 74.822 votos
22) Tadeuzinho (MDB) – 72.267 votos
23) André Quintão (PT) – 71.604 votos
24) Marília Campos (PT) – 71.329 votos
25) Agostinho Patrus (PV) – 70.055 votos
26) Rosângela Reis (Pode) – 70.040 votos
27) Antonio Arantes (PSDB) – 69.586 votos
28) Dalmo Ribeiro (PSDB) – 69.342 votos
29) Charles Santos (PRB) 0 67.913 votos
30) João Magalhães (MDB) – 67.817 votos
31) Dr. Hely (PV) – 64.913 votos
32) Ulysses Gomes (PT) – 63.776 votos
33) Dr. Wilson Batista (PSD) – 62.052 votos
34) Gustavo Valadares (PSDB) – 60.687 votos
35) Neilando Pimenta (Pode) – 60.630 votos
36) Glaycon Franco (PV) – 60.373 votos
37) Doorgal Andrada (Patri) – 57.942 votos
38) Celise Laviola (MDB) – 57.362 votos
39) Duarte Bechir (PSD) – 56.745 votos
40) João Leite (PSDB) – 56.297 votos
41) Thiago Cota (MDB) – 55.868 votos
42) Ione Pinheiro (DEM) – 55.634 votos
43) Alencar Jr. (PDT) – 54.372 votos
44) Elismar Prado (PROS) – 53.842 votos
45) Leonídio Bouças (MDB) – 52.593 votos
46) Gil Pereira (PP) – 52.088 votos
47) Braulio Braz (PTB) – 51.656 votos
48) Leninha (PT) – 51.407 votos
49) Luiz Carneiro (PSDB) – 50.341 votos
50) Douglas Melo (MDB) – 49.207 votos
51) Dr. Paulo (Patri) – 48.927 votos
51) Coronel Sandro (PSL) – 48.530 votos
53) Zé Reis (PHS) – 45.746 votos
54) Carlos Pimenta (PDT) – 43.492 votos
55) Bosco (Avante) – 42.556 votos
56) Inácio Franco (PV) – 42.819 votos
57) Roberto Andrade (PSB) – 41.868 votos
58) Marquinho Durval (PT) – 41.852 votos
59) Gustavo Santana (PR) – 36.573 votos
60) Betão (PT) – 35.455 votos
61) Celinho Sinttrocel (PCdoB) – 35.840 votos
62) Laura Serrano (Novo) – 33.813 votos
63) Bartô do Novo (Novo) – 31.991 votos
64) Raul Belem (PSC) – 31.788 votos
65) Prof. Wendel (SD) – 31.722 votos
66) Cleiton Oliveira (DC) – 31.347 votos
67) Osvaldo Lopes (PHS) – 31.161 votos
68) Alberto Pinto Coelho – Betinho (SD) – 28.103 votos
69) Coronel Henrique (PSL) – 27.867 votos
70) Rafael Martins (PRTB) – 27.463 votos
71) Fernando Pacheco (PHS) – 25.091 votos
72) Guilherme da Cunha (Novo) – 24.792 votos
73) Ana Paula Siqueira (Rede) – 23.371 votos
74) Prof. Irineu (PSL) – 21.845 votos
75) Gustavo Mitre (PSC) – 21.373 votos
76) Zé Guilherme (PRP) – 19.341 votos
77) Andrea de Jesus (PSOL) – 17.689 votos

COMPARTILHAR

Comentários