O Corpo de Bombeiros de Varginha, reinicia agora de manhãzinha, o quarto dia de buscas pelos adolescentes de 11 e 17 anos que se afogaram na represa de Furnas, na zona rural de Três Pontas.

De acordo com a Corporação, durante a manhã desta terça-feira (17), foram feitos mergulhos, porém, os corpos não foram encontrados. Os Bombeiros acreditam que a correnteza forte do rio pode ter os levados para outro lugar.

No período da tarde, foram feitas buscas embarcadas. A tendência é que com este tempo quente os corpos venham a boiar. Se as buscas usando como referência onde eles foram vistos pela última vez, não tiveram êxito, é provável que a correnteza os levaram e eles podem aparecer em outro ponto do rio boiando.

As buscas nesta quarta-feira serão feitas utilizando barco, nas margens do rio e em alguns pontos onde está a correnteza.

O afogamento foi por volta das 16:30, da tarde de domingo (15), no local chamado de “Ilha do João Bandoni”, que é um braço da represa de Furnas, local com correnteza forte e impetuosa.

O menino de 11 anos de um barranco e o outro adolescente de 17, tentou socorrê-lo e ambos foram para o fundo do rio e não foram mais vistos. O Corpo de Bombeiros faz buscas desde então, desde manhã até o cair da noite. A dificuldade é que a água é bastante turva e dificulta a visão dos bombeiros, além da profundidade de 12 metros.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here