A Polícia Militar procura por um rapaz de 25 anos, que participou de um assalto no bairro Antônio de Brito na noite desta sexta-feira (28), em Três Pontas. 

Uma guarnição fazia patrulhamento pelo bairro, quando foi informada por um assistente técnico de 53 anos, que é de Pompéia (SP) que dois homens tinham acabado de roubar a caminhonete que ele conduzia.

Ele contou que conduzia o veículo pela Rua José Delfino, quando viu que dois rapazes tinham jogado uma pedra contra seu carro. Quando parou para ver o que tinha acontecido, foi atingido na cabeça por uma pedrada. Momento que o menor de 17 anos tomou a direção do carro, aguardou seu comparsa e eles saíram em alta velocidade em direção ao Centro da cidade.

Na fuga, enquanto passavam pela Praça Monsenhor Silveira, a Praça do Cemitério, eles perderam o controle da direção e bateram em outra caminhonete que estava estacionada e parou em seguida em cima da calçada na Rua Frederico Meimberg.

Mesmo feridos os dois suspeitos fugiram do local, em direção ao Cemitério Municipal. As equipes da Polícia Militar iniciaram rastreamento e conseguiram apreender o adolescente quando ele pulava o muro do Cemitério para se esconder. O outro conseguiu fugir e ainda não foi encontrado. A caminhonete ficou bastante destruída e foi removida pelo serviço de guincho.

O menor e a vítima foram conduzidos ao Pronto Atendimento Municipal (PAM). Ambos tiveram ferimentos leves, foram atendidos e liberados. O adolescente foi conduzido para o Quartel da Polícia Militar, a mãe dele acompanhou o registro da ocorrência e levou o filho para casa após ser liberado. Ele tem diversas passagens por furto e algumas vezes reagiu com violência.

Veículo ficou bastante destruído após batida

Histórico em ato infracionais

Em julho deste ano, ele foi apreendido depois invadir e furtar em uma Igreja no bairro Ponte Alta. Depois de quebrar o vidro blindex da porta do templo, ele furtou uma mesa de som com a fiação e um microfone e saiu correndo em direção ao bairro Jardim das Acácias. Ele foi apreendido no bairro Aristides Vieira e ainda tentou resistir. O adolescente foi levado para o Quartel para ser registrado o boletim de ocorrências e enquanto isto, fez ameaças aos policiais militares dizendo que iria matá-los, porque a lei protege os menores de idade de serem presos. E prometeu que assim que fosse liberado, iria praticar outros delitos. E foi o que aconteceu.

Por volta de 05:40 da manhã, ele arrombou a porta blindex de uma loja na Rua José Delfino, no bairro Antônio de Brito e furtou de lá 50 calças, várias bermudas, camisetas, blusas de frio, jaquetas, saias, shorts femininos, roupas de bebê e muitas bijuterias como brincos, broches, anéis e óculos de sol e fugiu em direção ao bairro Morada Nova.

 

 

COMPARTILHAR

Comentários