Durante o período eleitoral, o empresário e provedor da Santa Casa de Misericórdia do Hospital São Francisco de Assis, Michel Renan Simão Castro, fez campanha para o deputado estadual trespontano Mário Henrique “Caixa” e o deputado federal Diego Andrade, que se tornou por direito através da Câmara Municipal, Cidadão Honorário Trespontano. O principal motivo é o volume de recursos que ambos destinaram a Santa Casa e ao Município. Mesmo se mantendo majoritário, ambos reduziram seus votos, o que na avaliação de Michel Renan, se deu no comportamento dos eleitores que queriam mudança.

Michel, você foi um defensor dos candidatos a deputado estadual Mário Henrique “Caixa” e federal Diego Andrade. O trabalho que eles fizeram para o município justifica sua dedicação a campanha deles?

Justifica e muito. Os recursos advindos de emendas destinadas pelo Diego e Mario Henrique contribuíram sobre maneira com nossa Santa Casa e com nossa Três Pontas. Assim sendo, sou imensamente grato e meu apoio ocorreu em forma de gratidão e reconhecimento pelos relevantes serviços prestados. Outro ponto que é muito mencionado, que estas emendas não são deles mas do cidadão. Neste aspecto comprova ser do cidadão pois veio para todos munícipes, mas poderiam ser destinado a outros municípios, desta forma outras pessoas seriam beneficiadas. Toda cidade almeja ter um deputado e nós temos dois, esfera federal e estadual. Desta feita vamos solicitar apoio deles para os próximos quatro anos em beneficio de toda população.

O  posicionamento político deles durante o último mandato – a defesa de Caixa a Pimentel e a votação de Diego a favor de Michel Temer influenciaram para a diminuição de votos deles em Três Pontas?

Pode ter influenciado alguns eleitores, mas a pulverização dos votos foi de uma forma ampla e não somente para com eles. Conota um novo comportamento dos eleitores, os quais queriam mudança. Enfim vejo necessidade de mudança quando o parlamentar não desempenhou bem seu trabalho, e no caso deles alcançaram seus objetivos, tanto que foram reeleitos.

Você acha que na próxima eleição municipal, se você decidir ser candidato a prefeito, teria o apoio de Caixa e Diego? Vocês já conversaram sobre isto? 

Restam ainda dois  anos e alguns meses para o próximo pleito. Não sou filiado a nenhum partido. Precisamos agora apoiar o atual prefeito pois com o sucesso dele toda a população é recompensada. Insistem sempre para que eu manifeste meu interesse em estar prefeito um dia, e continuo afirmando o que eu quero é Três Pontas prosperando, independente de com quem seja. Em relação ao apoio do Diego e do Caixa são de suma importância para uma campanha vitoriosa e o candidato que for apoiado por eles terá enorme vantagem.

As eleições no primeiro turno trouxeram grandes surpresas, a mudança de cenário que se desenhava em pesquisas. Qual a sua análise dos resultados apresentados neste domingo a nível estadual e federal?

Como disse acima o eleitor demonstrou maturidade neste pleito e está cada vez mais atento. Vejo com muito otimismo este cenário, pois se quisermos mudanças precisamos nos interessar por política. Não precisamos ser políticos, mas devemos nos interessar em saber quem nos governará, pois os que não se interessam serão governados pelos que se interessam e se colocam a disposição do eleitor. Três Pontas está bem representada.

COMPARTILHAR

Comentários