A Vila Vicentina São Vicente de Paulo permaneceu durante muitos anos ‘fechada’, quer dizer, sem que as pessoas conhecessem a dedicação e o trabalho de voluntários e profissionais que cuidam dos velhinhos de Três Pontas.

De uns tempos pra cá, a realidade mudou, e com isto a própria comunidade e está participando e contribuindo mais. A intenção de acordo com o presidente José Rodrigo Ferreira, é abrir as portas para mostrar o que a Assistência Vicentina faz e provocar uma interação com a Vila que é um patrimônio do Município.

E as notícias que atualmente vem da Vila são positivas. A terceira edição da Festa Junina realizada entre os dias 09 e 12 de junho, teve um balanço positivo. Apesar de ter acontecido muitas festas em um pequeno espaço de tempo, a festa em prol da Vila já tem um público que participa todos os anos.

A contabilidade ainda não foi totalmente fechada. Foi arrecadado R$32 mil bruto e a expectativa é que se tenha R$22 mil de lucro, que será aplicado exclusivamente na manutenção da Casa, que atualmente conta com 58 idosos. O dinheiro será fundamental para custear exames, consultas e outros procedimentos de saúde na rede particular que o SUS não paga.

Vila 3
Festa Junina da Vila teve um grande público durante os quatro dias

Em nome da diretoria, ele agradeceu a todos que tiveram empenhados na quermesse, as equipes de cozinha, caixa, churrasco, segurança, sonorização, do bingo, que ajudaram servir, aos grupos da Divina Misericórdia, Fé com Obras, Cursilho Padre Victor, a equipe da festa da Comunidade Sagrado Coração de Jesus, aos artistas que se apresentaram – Deivid e Ronaldo, Hugo Reis e Gabriel, Wagner Max e Banda, Gabriel Henrique e Bia, a Prefeitura e o prefeito Paulo Luis Rabello, a Paróquia Nossa Senhora D’Ajuda e o pároco padre Ednaldo Barbosa, a Polícia Militar, os alunos do 3º período do curso de Administração da Fateps e a todos aqueles que fizeram doações e compareceram na festa junina.

A Escola Coração de Jesus realizou uma gincana e quem se beneficiou também foi a Vila Vicentina, que recebeu 12 mil fraldas geriátricas. A direção do estabelecimento educacional da rede particular de ensino, procurou para saber o que seria importante arrecadar e como os gastos com fraldas é altíssimo, a gincana provocou a solidariedade dos alunos que dar um fôlego por 70 dias com a compra do material.

Alunos foram entregar as fraldas arrecadadas na gincana
Alunos foram entregar as fraldas arrecadadas na gincana

Por último, é preciso registrar o Projeto “Amigos da Vila Vicentina” que tem a participação dos alunos do terceiro período do curso de Administração da Fateps, do Núcleo de Práticas Administrativas da Fateps “Mão na Massa”. A Casa tinha em mente um projeto, mas faltavam os parceiros para viabilizarem a questão logística. E os universitários precisavam criar um projeto social em uma entidade. A união resultou no projeto inovador e super interessante que vai garantir mais uma renda mensal à entidade.

O presidente da Vila Vicentina junto a idosos assistidos pela Casa
O presidente da Vila Vicentina José Rodrigo junto a idosos assistidos pela Casa

Vila 1Quem quiser e poder ajudar financeiramente todos os meses a Vila Vicentina, deve fazer um cadastro para fazer uma doação voluntária, ou seja, em qualquer valor, de acordo com o coração e a disponibilidade financeira. É simples ajudar. A pessoa procura um ponto de cadastro, munido de documentos pessoais e o seu endereço. Lá, seus dados serão inseridos em um cadastro do Banco Sicoob que vai gerar um boleto por mês, porém, sem valor específico. O doador paga este documento nas agências bancárias ou nas casas lotéricas. O dinheiro vai para uma conta específica criada para o projeto da Vila. A partir do ano que vem, serão emitidos em janeiro, os 12 boletos referentes a 2017. Os estabelecimentos que são pontos de cadastro são: Vila Vicentina, Casa das Rações, Livraria Notre Dame e Mundial Tintas e Ferramentas. O objetivo é conseguir pelo menos mil contribuintes.

A Vila Vicentina arrecada com a aposentadoria dos idosos aproximadamente de R$55 mil. Esta é a maior renda que entra. Com este dinheiro se faz todas as despesas com funcionários, supermercado, farmácias e tantos outros gastos. O dinheiro do “Amigos da Vila” vai ajudar a complementar a renda da casa que cuida dos idosos.

COMPARTILHAR

4 Comentários

  1. Lindo trabalho,mas temos q reconhecer que a vila não era “fechada” na época das irmãs. Elas faziam um lindo trabalho sem alardear o bem que faziam.
    Do jeito que começou a reportagem, pareceu que elas ocultavam alguma coisa

  2. Esclarecendo ao companheiro Marcos Antonio, a interpretação do texto deixou esse entendimento mesmo;até concordo com ele,mas conforme mencionado os trabalhos realizados não eram divulgado a população,pra ter uma ideia muitas pessoas não sabiam nem onde era vila vicentina,companheiro,gostaria de deixar bem claro pra você e demias internautas que a intenção do José Rodrigo não é cliticar as irmãs,muito pelo contrário elas fizeram um belo trabalho,mas deixaram a desejar a divulgação dos trabalhos realizados.

  3. ESCLARECIMENTO: Nos da Diretoria da VILA VICENTINA fazemos nosso trabalho pautado na transparência e humildade acima de tudo. Quando postamos a matéria não foi com intuito de criticar os trabalhos das Irmãs Beneditinas e sim mostrar para o nosso povo q a Vila Vicentina está bem e caminha para melhor é não “FECHOU” como disseram as “más línguas” .A questão das irmãs ; Primeiro: Elas foram embora pq elas quiseram ,ninguém mandou elas embora. Lembrando também q a Nossa Diretoria e toda VOLUNTARIA ,Ninguém ganha nenhum salário ou incetivo para desempenhar este trabalho Ao contrário das Irmãs ; A VILA VICENTINA tinha um gasto mensal com as irmas de QUATRO SALÁRIO MÍNIMO E MEIO,Um salario e meio para cada irmã elasberam tres so fszer aconta! hoje totalizando quase 4.000,00 isso explícito en contrato, fora alimentação e moradia. Dia 31/12/2015 elas deixaram a Vila mas a congregação exigiu o pagamento de todos os honorários de trabalho das irmãs,A VILA VICENTINA teve q dispor de quase 14.000,00 para elas .Vcs sabiam disso? Não né! . Então. Hj nos trabalhamos com GESTÃO Como toda empresa. Administrados com seriedade e responsabilidade o dinheiro dos Idosos e as DOAÇÕES que nosso povo faz com tanto carinho. Lembrando q tudo q eu falei eu tenho como provar através de documentos contábeis. LENBRANDO MAIS UMA VEZ NOS TRABALHAMOS COM GESTÃO VISANDO ALCANÇAR METAS PARA PROPORCIONAR OQUE HA DE MELHOR PRA PARA NOSSOS IDOSOS.PORQUE ELES SIM PRECISAM SER TRATADOS COM Q À DE MELHOR.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here