Foto: Arquivo EP

 

Nos últimos dias, a direção da Santa Casa de Misericórdia do Hospital São Francisco de Assis de Três Pontas, divulgou alguns comunicados importantes e baixou uma portaria, tudo relacionado a pandemia da Covid-19, que voltou a ter reflexos significativos na Santa Casa.

Em virtude do aumento da demanda decorrente aos atendimentos de pacientes com contaminação pelo Coronavírus e visando preservar recursos para situações de urgência e emergência, algumas cirurgias poderão ser canceladas ou remarcadas.

A entidade está atuando de acordo com as normas sanitárias vigentes, cumprindo todas as determinações legais. A necessidade se dá pelo grande aumento de casos nomunicípio. Apesar de todas dificuldades enfrentadas pelo Hospital, a provedoria garante que até agora, não houve falta de medicamentos ou qualquer insumos, bem como equipamentos de proteção individual (EPI) aos colaboradores.

Apesar do aumento da demanda hospitalar decorrente do aumento de casos com a contaminação pelo Covid-19, a situação atual é de normalidade em relação aos materiais e medicamentos, estando todos os pacientes devidamente assistidos e os colaboradores equipados com a devida segurança. Caso futuramente houver qualquer tipo de escassez, o provedor Michel Renan Simão Castro, comunicará e informará a população, que sempre colaborou e apoiou a entidade.

A portaria do dia 08 de janeiro, comunica que o Comitê para tratar sobre a pandemia na Santa Casa, desde o dia 11 de janeiro, as visitas e trocas de acompanhantes sofreram mudanças. Os pacientes internados na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), não receberão mais visitas por tempo indeterminado. Na clínica médica serão em dias alternados, as segundas, quartas e sextas-feiras, porém, os pacientes que estão com acompanhantes não receber visitas. A troca de acompanhantes serão feitas somente a cada 24 horas.

As ligações realizadas pelos médicos aos famíliares serão feitas somente para os pacientes da UTI e para os em isolamento pela Covid-19.

Essas mudanças se tornaram necessárias para a proteção do contágio frente a pandemia, visando resguardar pacientes, seus familiares e a equipe de saúde.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here