O jovem Paulo Rossini Lemos está questionando a forma como os termos foram usados na ocorrência policial que ele se envolveu na noite deste sábado (22).

Paulo estava indo para um show em Alfenas, onde acompanharia a gravação de um DVD do grupo de reggae Planta e Raiz. Ele estava na companhia do amigo Breno Vicentini Barra. Por acaso, encontraram com Elieser Flogério Campos e o menor de 17 anos, e os chamaram para ir no show e eles aceitaram. Porém, Breno já havia desistido de viajar e esperou apenas por uma carona até a praça. Os jovens abasteceram o carro e quando saiam do posto de combustível, na Travessa Manoel Jacinto de Abreu no centro da cidade foram abordados pela polícia. De acordo com Paulo Rossini, na abordagem foi encontrado drogas com o menor e uma pequena quantidade no estojo que estava com Breno.

Para Paulo, eles foram apenas conduzidos para o Quartel da Polícia Militar, onde foi registrado o boletim de ocorrência e em seguida levados para a Delegacia de Polícia Civil em Varginha. Lá, foram prestados os depoimentos e logo após, todos eles foram liberados. De acordo com o jovem, pela grande maioria das policiais, que hoje não tem curso de Direito exigido atualmente para se ingressar na PM e pela falta de apoio da própria instituição em prol dos policiais, os termos técnicos são utilizados de forma que desvincula a verdade dos fatos, colocando o indivíduo numa situação pejorativa a sua imagem.

COMPARTILHAR

15 Comentários

  1. Vc ta falando sério que agora precisa cursar direito pra ser policial? Se for mesmo, em breve não teremos mais policiais. Ou vcs acham que os mesmos deixarão de advogar para enfrentar bandido?
    Em minha opiniao, policial tem que fazer valer a ordem (e acho qur estao fazendo bem), prendendo bandidos e traficantes, sem ter que ficar se preocupando se tem que escrever no B.O. ladrão ou “sujeito suspeito de subtrair bens alheios”.
    Ah, me poupe de tanta hipocrisia.

  2. Os Conhecimentos jurídicos que são exigidos em curso de formação já é o necessário para poder realizar o trabalho que os policiais fazem , seria desnecessário um conhecimento jurídico avançado para resolver uma questão como a qual se enquadra, o trabalho da policia é de forma ostensiva, ou seja, violou a LEI, eles vão fazer a parte deles, agora não adianta chorar e querer justificar o erro.

  3. Olha meu senhor respeito sua posição, Mas primeiramente falei que precisa ser formado em direito não advogado pois são coisas diferente, segundo com base no art. 5º, inciso LVII, da Constituição da República, que prescreve que “ninguém será considerado culpado até o trânsito em julgado de sentença penal condenatória”, e por ultimo se vc prefere ser chamado de ladrão do que suspeito ai opção sua, Mas enquanto eu tiver o direito de ser respeitado vou exigir isso.

  4. Francisco se vc acha um lixo essa materia opnião sua, Mas jornalismo serio e feito de verdade e se vc prefere a mentira distorcida que muita das vezes e vista como verdade, da pra ver mto bem o quanto vc entende de jornalismo brasileiro.

  5. Paulo, se houve uma falha foi da matéria não acha? Ou consta isso nos autos da ocorrência? E só para reforçar… sou graduado em Direito também. Nem por isso, somos melhor que ninguém aqui, e prefiro não ser juridiquês aqui, termos técnicos tem seu devido espaço e tempo para ser usado.

  6. Amigo não justifico nem um erro, se um dia eu cometer alguma coisa pode ter certeza que assumirei meu erro, Mas não vai ser por opnião sua que vou pagar pelo que não fiz, e se vc acha suficiente os requisitos para o ingresso na policia “tenta entrar com um mandado de segurança contra a decisão do governo“.

  7. Rômulo, nunca disse que sou melhor que ninguem por ser formado em direito e nem pior, e sobre a falha na materia eles dizem que so escreve o que são fornecido pela policia, e termos corretos são melhores para um entendimento mais claro, e acho que vc fala isso pq não foi sua familia que veio quase toda na sua casa achando que vc tava preso e coisa e tal.

  8. O jovem “está questionando a forma como os termos foram usados na ocorrência policial “. Queria saber quais foram esses termos. Não consigo pensar em nada q possa dar motivo a uma materia no blog. Provavelmente as pessoas envolvidas são amigas do dono da pagina. Se alguem souber os termos usados eu gostaria de saber, talvez eu mude de opinião.

  9. Pqp… esse cara é um mané msm.
    Fiquei sabendo que esse Paulo Rossini foi preso mais de 5 vezes pela PM.

    E ai veio… é verdade?????

    Responde…. ou então chroooorrraaa!!!!

  10. Termo técnico é meu OVO !! kkkkkk ta tudo junto la fumando os baseados, na hora que tava todo mundo chapadão tava mil maravilhas neh, e quando a casa cai quer tirar o corpinho fora !! vai falar que vc não sabia oque eles estavam portando ?? show de reggae planta e raiz ?? segura seu BO e fica de boa !!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here