Por Loui Jordan

A 29ª rodada do Campeonato Brasileiro veio à tona para mostrar o time mais organizado do Brasil: o Palmeiras. O Alviverde venceu por 2 a 0 o Grêmio na tarde deste domingo (14). O time gaúcho não utilizou força máxima, embora bons titulares em números e em qualidade estiveram em campo, assim como o Verdão. Desde a chegada de Felipão, o clube é outro em nível de desempenho. É bem verdade que muitas perguntas pairam no ar, uma delas é se o Brasileirão já tem um “pretendente imponente” para chamar de seu.

Líder do Campeonato!

O Palmeiras no comando de Roger Machado, era um time que não empolgava, há de se notar o estilo mais de trabalhar a bola, mas nunca engrenou. O time fez até a melhor campanha na fase de grupos da Libertadores, fora isso nada de incrível. Quando Luiz Felipe Scolari assume o comando do clube paulista, tudo muda da água para o vinho.

O estilo de jogo mudou, a cobrança aumentou e o trabalho foi a chave do sucesso. Há que de lembrar que foi um nome controverso, Felipão tinha deixado em maus lençóis o Verdão no final de 2012 e com chave de ouro, é o técnico muito contestado pelo 7 a 1 da Copa do Mundo de 2014. Felipão mostrou que pode sim, dar a volta por cima, se é que podemos falar de um profissional com tantas glórias. Após a vitória por 2 a 0 diante do Grêmio no Pacaembu, o Palmeiras lidera a tabela e faz um pós-Copa brilhante.

Jogadores como Dudu e Bruno Henrique estão jogando muito bem, fora o rodizio e utilizado como poucos, através de um plantel excelente. Até Deyverson, que não é o centroavante dos sonhos, tem feito uns gols aqui e acolá, a sequência de jogos e a fase que vive o Palmeiras, não deixa dúvidas que hoje o time é o melhor do Brasil, de uns 8 a 10 jogos já tem dado amostras disto.

Em uma análise fria, somente Inter e Flamengo podem tirar a taça do clube paulista. É claro, outros times como Grêmio e São Paulo podem até brigar, mas é difícil, não apenas pelas questões de pontuação, mas sim de futebol. O Inter não enfrenta mais o Palmeiras, ou seja, não existe mais confronto direto entre os dois, já o Flamengo que soube aproveitar a priori a mudança de técnico, recebe o Palmeiras daqui a2 rodadas, isto é, na 31ª rodada o Campeonato e será uma bela decisão.

Há de se ressaltar ainda, a vantagem de 3 pontos para o 2º na tabela, o Internacional, e 4 para o 3º colocado, Flamengo. A essa altura, são pontos suficientes para estabelecer um plano de conquista, tudo pode acontecer. O Palmeiras fecha a 29ª rodada com 59 pontos e na próxima rodada o time de Felipão recebe o Ceará, às 16 horas do próximo domingo (21). Em tese o Palmeiras é favorito, o Ceará ensaiou uma recuperação, mas precisa melhorar mais. O principal adversário do Palmeiras é ele mesmo, no entanto tanto time, quanto comissão técnica, tem mostrado que o futebol defensivo e ofensivo está sendo bem jogado e trabalhado.O Verdão fechou 2017 sem título, esse ano parece ser difícil repetir a temporada passada.

A Libertadores pode atrapalhar?

O Palmeiras foi eliminado pelo Cruzeiro na Copa do Brasil, disputa atualmente a Libertadores e o Brasileiro. Vejamos, o sonho é a Libertadores, o adversário é o Boca Juniors (ARG), é jogo grande e que o Palmeiras poderia se livrar dele lá na fase de grupos. Agora é decidir e chamar a responsabilidade. Não tem favorito, típico jogo arriscado, os brasileiros possuem mais elenco e futebol, mas a camisa do Boca é pesada e jogam um futebol pragmático, propício para a competição continental.

Há um tempo atrás, até poderia atrapalhar na administração de jogos, dessa vez isso acabou. O foco são os dois torneios, o Palmeiras vem bem em ambos, não encontrou times “chatos” até agora, tirando essa semifinal, entretanto é válido afirmar que a condução das competições nas quais o clube disputa, tem sido boa. Uma possível eliminação na Libertadores, poderia gerar transferência gigantesca de responsabilidade, pelo estilo das competições e do jogo de cada um, é mais fácil perder a Libertadores do que o Brasileirão, tendo isso em observação, certamente a taça da América não irá ser prejudicada pelos ímpetos de conquistar também o Campeonato Brasileiro.

 

 

 

COMPARTILHAR

Comentários