(Foto: Lucas Uebel/Grêmio - site Superesportes)

Nesta quarta-feira, (05) alguns estaduais foram decididos e finais estão definidas. Em Minas Gerais, Tombense e Atlético confirmaram favoritismo. No Grenal, Cebolinha faz grande atuação e Grêmio leva o 2º turno e já em São Paulo, o temor prejudicou a ambição, tanto Corinthians, quanto Palmeiras, não fizeram o melhor que podiam, o duelo foi equilibrado.

Campeonato Mineiro: Tombense e Atlético convencem e estão na decisão

Nos dois duelos desta quarta-feira, ambas as equipes com vantagem, souberam utilizar suas estratégias e ampliar o placar no agregado. Com os dois jogos no Independência, os clubes interioranos entraram em campo mais cedo, o time de melhor campanha, a Tombense, bateu a Caldense sem grandes dificuldades, mostrando o bom repertório. O time de Tombos chegou à decisão da elite do Mineiro pela primeira vez. Assim como no primeiro duelo, a Caldense dominou as estatísticas, no entanto, o time treinado por Eugênio Souza foi mais competente e regular durante a partida.

Semifinais do Campeonato Mineiro – Jogos de volta

TOMBENSE 2 X 0 CALDENSE

AMÉRICA 0 X 3 ATLÉTICO

Mais tarde, na semifinal dos times da capital, o Galo assegurou a vaga na segunda etapa. O primeiro tempo foi difícil ofensivamente para o Atlético. Já no segundo tempo, após o gol de Réver, o América por circunstância do confronto, teve que sair mais para o ataque e se expôs. O Atlético fez bem seu papel e fez mais dois gols. O time de Sampaoli foi bem mais dominante, o América de Lisca precisa se reestruturar ofensivamente, mas o time tem qualidade.

Segundo a Federação Mineira de Futebol (FMF), as finais do Campeonato Mineiro serão nos dias 26 e 30 de agosto, locais e horários ainda não foram definidos.

Em São Paulo, Corinthians e Palmeiras fazem jogo fraco; no Rio Grande do Sul o Inter fez um jogo abaixo e o Grêmio merecidamente triunfou

O duelo na Arena Corinthians em Itaquera foi fraco. Não existiam tantas expectativas, mas Corinthians e Palmeiras saíram devendo do clássico, o que é compreensivo. O Corinthians criou poucas e boas chances, parou em Weverton. O Palmeiras teve um time mais bem articulado que o Timão, os jovens Patrick de Paula e Gabriel Menino souberam jogar muito bem. Um ponto interessante, o Palmeiras adotou uma postura menos ofensiva, o confronto segue muito aberto.

O duelo de volta que decidirá o campeão paulista será no sábado (08) às 16h30 no Allianz Parque.

CORINTHIANS 0 X 0 PALMEIRAS

GRÊMIO 2 X 0 INTERNACIONAL

No Rio Grande do Sul, o Grêmio mais uma vez levou o Grenal. O Inter não foi bem, o Colorado de Eduardo Coudet não funcionou em campo, o time não se omitiu, mas estrategicamente foi inferior ao Grêmio de Renato Portaluppi. Everton Cebolinha participou ativamente da maioria das jogadas ofensivas do tricolor, além de ter feito as duas jogadas dos gols gremistas, Geromel mais uma vez foi bem. O Grêmio cresce em momentos decisivos, o Inter precisa de um grande título para se firmar.

Como o Grêmio conquistou o 2º turno do Gauchão, a final do campeonato será entre Caxias e claro, o Grêmio. O Caxias venceu o 1º turno exatamente contra o tricolor da capital. De acordo com o regulamento original da competição, a final é composta por dois jogos, entretanto, devido a situação da pandemia, não foi decidido se a final será em jogo único ou seguirá o formato inicial, os horários e locais também não foram definidos.

Campeões nesta quarta-feira

CORITIBA 1 X 2 ATHLETICO – Athletico campeão Paranaense

SANTA CRUZ 0 X 0 SALGUEIRO (PÊNALTIS: 3 X 4) – Salgueiro campeão Pernambucano

CSA 0 X 1 CRB – CRB campeão Alagoano

O Athletico Paranaense já tinha a vantagem do 1 a 0. Mesmo jogando no Couto Pereira com um competitivo Coritiba, o Furacão conseguiu conquistar o título aos 45 do segundo tempo, literalmente. Em Pernambuco, o Salgueiro levou a melhor nos pênaltis contra o forte e tradicional Santa Cruz, o Gigante do Arruda terminou o torneio invicto, porém sendo vice e esta é a primeira vez na história que um time do interior leva o Campeonato Pernambucano, Salgueiro fez história.

Por fim, o Campeão Alagoano foi o CRB. O Clube de Regatas Brasil, após eliminar o Asa de Arapiraca na semifinal, bateu por 1 a 0 o tradicional e fortíssimo CSA e conquistou o troféu. CRB e CSA reinam em Alagoas, são os melhores do Estado. Vale lembrar que o CRB é um time da 2ª divisão do futebol brasileiro e tem vantagem de 2 a 0 contra o Cruzeiro na Copa do Brasil, ou seja, um time bem consolidado dentro de suas condições e mereceu erguer mais uma taça em sua história.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here