Dois rapazes de 22 e 39 anos acabaram presos na noite desta quinta-feira (21), depois de se desentenderem fazerem mútuas ameaças.

Ambos foram até a Base de Segurança Comunitária da Polícia Militar na Praça Cônego Vitor, tentando um novo registro de ocorrência. É que o “cliente” de um estabelecimento comercial relatou que havia sido agredido e ameaçado pelo comerciante e que ele havia utilizado uma pistola. O rapaz teria inclusive sofrido lesões.

O suspeito destas agressões contou à PM, que realizou um serviço no veículo, mas o dono do carro se recusou a pagar, foi quando este cliente teria tirado uma faca de dentro do automóvel e tentou atingi-lo. Foi quando o comerciante pegou um bastão de madeira e desferiu um golpe que atingiu o seu braço.

O comerciante disse que possui uma pistola calibre 45, municiada com 7 cartuchos intactos que estavam em sua residência e a entregou aos policiais militares e foi apreendida.

Os dois foram presos e foram colocados a disposição da justiça, conforme determinação da Polícia Judiciária.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here