*No porta malas do Monza havia marcas de sangue, onde a vítima tomou um tiro na perna ao tentar fugir

A Polícia Civil encontrou na zona rural de Três Pontas noite desta quinta-feira (08), o veículo utilizado pelos criminosos, que assaltaram um trespontano, na saída de Santana da Vargem, na manhã da última segunda-feira (05).

O Monza bege estava na casa de um trabalhador rural na comunidade Arara Mirím, que diz ter adquirido o veículo na terça-feira, um dia depois do crime. Segundo a Polícia Civil, três homens aguardavam a vítima na saída de Santana da Vargem e quando chegou no trevo para retornar para casa, teve seu veículo atingido na traseira. Esta foi a forma usada por eles, para conseguir abordar a vítima. Quando ela desceu para ver se havia ocasionado algum estrago, o rapaz foi rendido e colocado no porta malas do Monza. Os criminosos estavam usando máscaras e estavam com os rostos cobertos.

A vítima contou que viveu os piores momentos de sua vida, enquanto estava com os pés e as mãos amarradas. Por isto, por várias vezes tentou fugir, em uma delas, acabou sendo alvejado com um disparo que atingiu a sua perna. As manchas de sangue ainda estavam no carro.

Ainda de acordo com a polícia, as investigações que iniciaram imediatamente ao crime, contou com informações anônimas, de que o veículo poderia ser desmanchado e por isso, foi preciso agir rápido se antecipando a isto.

Porta malas ainda tinha marcas de sangue da vítima, que foi alvejada

O trabalhador rural que adquiriu o veículo, aparenta ser de boa índole, ele já foi ouvido, está colaborando com as investigações e inicialmente não está envolvido no assalto.

As investigações prosseguem e em breve a polícia acredita elucidar o caso e fazer a prisão de todos os envolvidos. O veículo foi apreendido e removido ao pátio do Detran-MG.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here