Poucas horas após o crime, a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) prendeu nesta segunda-feira (11), em flagrante por tentativa de feminicídio e homicídio qualificado, um homem de 47 anos, em Campos Gerais.

Ele é suspeito de ter ateado fogo na residência em que se encontravam a ex-esposa e o atual companheiro dela, na noite do último domingo (10). A mulher, de 38 anos, foi socorrida em estado grave com 70% do corpo queimado e está internada no Hospital João XVIII em Belo Horizonte. Já a outra vítima, de 40 faleceu.

De acordo com o delegado Eduardo Braga Correa, os levantamentos iniciais da investigação apontam que, no mesmo dia, o investigado estava com o casal em um bar. Depois, eles teriam ido para a casa da ex-companheira. “Em determinado momento, teria havido uma discussão, e o suspeito incendiou a casa”, conta, ao informar que as vítimas foram encontradas pelo Corpo de Bombeiros trancadas no banheiro.

O homem confessou o crime à Polícia e a motivação seria passional. “Inconformado com o término do relacionamento, ele teria se aproximado do casal e, após adquirir a confiança das vítimas, executou o plano. Acreditamos que foi premeditado”, observa o delegado. Segundo ele, o investigado já havia sido preso anteriormente por tentativa de homicídio, também por ciúmes da ex-esposa.

As investigações prosseguem pela Polícia Civil. O investigado foi encaminhado ao Sistema Prisional e se encontra à disposição da Justiça.

Assessoria de Imprensa da PCMG
COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here