Texto e fotos Assessoria de Comunicação Cocatrel

 

As mulheres do grupo Cafeína Cocatrel continuam cada vez mais atuantes. Incentivadas a empoderar-se pelo conhecimento, a Cocatrel tem proporcionado a elas muita informação e capacitação através de encontros, cursos e palestras.

Entre os dias 26 e 30 de agosto, um grupo de cooperadas participou do curso de Classificação e Degustação realizado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) em parceria com a Cocatrel. Como parte do conteúdo aplicado em aulas teóricas e práticas, as produtoras conheceram um pouco de mercado, comercialização e classificação do café por características do tipo, indicadores de qualidade e por características da bebida.

“Aprendi muito mais que o esperado. Além de conhecer melhor sobre o alimento que produzo, as técnicas aprendidas, para além da classificação e degustação, tornaram-se, para mim, o raio-x da produção, a forma com a qual posso diagnosticar equívocos ocorridos em todo o processo produtivo – da lavoura à xícara, passando pela colheita e pós-colheita. Identificadas as falhas, conseguirei, dentro do possível, rever processos na fazenda para melhorar nosso produto e, consequentemente, o preço recebido, uma vez que em sua maioria são defeitos corrigíveis. Jamais imaginei que pelo grão beneficiado poderia saber o que melhorar em nossa produção”, explica Fabíola Sandy, cafeicultura que participou do curso.

O instrutor do curso, Gilmar Reis, pela primeira vez ministrou para um grupo apenas de mulheres. “A mulher quando decide aprender alguma coisa, entra de corpo e alma. Estou muito satisfeito com a participação e entrega das produtoras do Cafeína nesse curso. Tenho certeza que elas sairão daqui colocando o que aprenderam em prática”.

“Fiquei muito grata e emocionada pela oportunidade que a Cocatrel proporcionou a nós, do grupo Cafeína. Um curso de extrema importância e enriquecedor. Nada mais bonito e digno do que tratar nosso café, como um verdadeiro alimento”, afirma Tatiana Rodrigues, nutricionista e filha de produtor, que está se preparando, através dos encontros, palestras e cursos realizados pelo Cafeína Cocatrel, para a sucessão e para assumir, com conhecimento e informação, a gestão da fazenda da família.

O grupo que participou desse curso de “Classificação e degustação de cafés” segue para a próxima etapa, que é o curso de “Torras”, também realizado em parceria com o Senar. As produtoras do grupo Cafeína também têm encontro marcado no Encontro das Mulheres do Café, na fazenda Capoeira, em Areado.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here