A Secretaria Municipal de Saúde de Três Pontas, corre contra o tempo para cadastrar todos os usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), até o dia 30 de outubro. Cadastrar os dados de todos os usuários, é um dos critérios para o pagamento de recursos destinados pelo Ministério de Saúde que são aplicados em favor da própria população. A coordenadora da Atenção Básica da Secretaria de Saúde Débora Helena Ribeiro (foto), a transferência de verbas agora, será proporcional ao número de usuários do SUS cadastrados nas unidades básicas. Todas as prefeituras do Brasil inteiro estão coletando os dados dos moradores, da zona urbana e rural.

O cadastro começou a ser feito no início do mês de fevereiro e, os planos era abrir os postos de saúde em um sábado, mas com a pandemia da Covid-19 isto se tornou impossível, por causa das aglomerações e o serviço acabou sendo suspenso.

Segundo Débora Ribeiro, a coleta de dados foi retomada e todo mundo precisa se cadastrar, mesmo as pessoas que tem plano de saúde e já tem cartão do SUS. É que mesmo não utilizando as consultas médicas nos postos de saúde, serviços como o Pronto Atendimento Municipal (PAM), as vigilâncias Ambiental e Epidemiológica, vacinas, teste do pezinho, aplicação de soro para picadas de cobras, escorpião, entre outros, são demandas de toda a população.

Para fazer o cadastramento, o ideal é ligar no posto de saúde e agendar o horário entre 7:00 da manhã e 5:00 da tarde para estar indo até a unidade e não gerar tumulto. É preciso levar cartão do SUS, RG, CPF, comprovante de endereço e responder a um questionário. O CPF é obrigatório, inclusive para as crianças.

Para cadastrar mais pessoas, a Secretaria de Saúde disponibilizou agentes comunitários dos 4 postos – Padre Vitor, Santa Edwirges, Vila Marilena e Catumbi – que estão indo até as residências fazer o cadastro. Eles estão identificados por crachá e não entram dentro das casas.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here