Preso transferido para Hospital de Campo Belo

 

Atualizado as 17:58

Um dos suspeitos de ter matado o Sargento da Polícia Militar, Rodrigo Sarto Lomonte de Oliveira de 37 anos, em Boa Esperança, na noite do último sábado (16), foi baleado durante confronto com a polícia durante a tarde desta terça-feira (19).

Abner Willian dos Santos de 21 anos, foi encontrado no bairro Monte Alegre e não se rendeu. No confronto, acabou sendo atingido por três disparos e foi socorrido pela própria PM em uma viatura. O suspeito que seria o autor dos disparos contra o Sargento Sarto, foi levado para o Hospital Municipal de Cristais, onde ele foi atendido e depois em uma Unidade de Suporte Avançado (USA) do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), foi transferido para o Hospital de Campo Belo. O estado de saúde dele é considerado estável.

O local ficou todo cercado por PM’s da região e do Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE) de Belo Horizonte. Equipes do Canil do 24º Batalhão de Varginha e de Companhias e Destacamentos da região estão em Boa Esperança desde o fim de semana.

O trabalho continua a fim de capturar o segundo suspeito, que também está na cidade. A busca pelos criminosos mobiliza mais de 100 policiais militares e mudou a rotina da cidade. Em Cristais, eles montaram um ponto de apoio, onde são coordenadas as ações policiais.

Na segunda-feira (18) outras quatro pessoas já haviam sido presas. Elas são suspeitas de terem furtado a motocicleta e fornecido a arma do crime para os criminosos.

O Sargento Rodrigo Sarto da Polícia Militar, foi morto na noite de sábado em Boa Esperança após uma perseguição a uma motocicleta que havia sido furtada na cidade no dia anterior. A guarnição dele deparou com dois homens no veículo. Houve perseguição e na fuga, depois de cairem e serem procurados a pé, um deles é suspeito de ter atirado na cabeça do PM, que chegou a ser socorrido com vida, mas não resistiu e acabou morrendo no Hospital.

 

Fotos: TV Boa Esperança

Veja o vídeo

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here