*Tiro disparado não acertou nem viatura nem policiais; porém  dupla que estava em um Kadett conseguiu fugir

Uma perseguição durante a madrugada desta sexta-feira (23), terminou em troca de tiros entre o bandido e a Polícia Militar de Três Pontas, depois que militares tentaram abordar um veículo suspeito estacionado na Avenida Oswaldo Cruz.

De acordo com o boletim de ocorrências, uma guarnição abordava um rapaz em frente a sede da Guarda Civil Municipal (GCM), quando observou um veículo Kadett branco com dois indivíduos. Apenas o passageiro foi possível verificar. O carro saiu e seguiu sentido o Quartel da PM, fez a conversão na Rua Francisco Garcia de Miranda Junior, desceu a Rua Judith Correa Dias, passando ao lado do Auto Posto Simpatia. O automóvel estava com as lanternas queimadas, não havia luz na placa e o escapamento estava furado. A polícia iniciou o rastreamento para abordar e identificar os suspeitos. Já em frente a rodoviária, na Avenida Caio de Brito, quando os militares aproximaram, o motorista acelerou o carro, pegou o trecho de contramão na mesma via em alta velocidade, passou no cruzamento da Avenida Ipiranga, seguiu também na mão contrária pela Rua Beralda Gomes, passou pela Praça d’Aparecida e seguiu sentido Peret, pegou a Avenida Zé Lagoa e entrou nos bairros Major Brás e Vila Rica. Próximo da Avenida Conceição Queiroz Marinho o passageiro fez um disparo em direção a viatura, porém, não conseguiu atingir. O sargento que comandava a guarnição,  revidou também fazendo um disparo.

A perseguição continuou pela Rua Barão da Boa Esperança e próximo ao laticínio da Cocatrel, os militares perderam o veículo de vista que estava em alta velocidade e não foi mais encontrado. As cidades circunvizinhas foram acionadas mas ninguém foi preso.

COMPARTILHAR

Comentários