Home Blog

Câmara aprova a criação do Cartão Alimentação, que vai beneficiar 500 famílias de baixa renda

0

 

*Ao invés da cesta básica, famílias receberão um cartão com um crédito de R$100 para compras nos estabelecimentos credenciados. Iniciativa inovadora gerou elogios na Câmara, por também movimentar a economia local 

A Câmara Municipal aprovou projetos importantes do Poder Executivo, na sessão ordinária desta segunda-feira (21), em Três Pontas. Os vereadores abordaram mais uma vez, os reflexos da pandemia no município e prestaram contas de suas atuações parlamentares.

Seis projetos formavam a pauta, porém, mais um foi incluso a pedido do vereador Luis Flávio Floriano (Flavão – PDT), que veio do próprio Executivo mas se trata de uma mudança na emenda impositiva dele.

Clique e acesse o site da ALMG

Do Poder Legislativo foram aprovados – o nome de uma via no bairro Jardim das Palmeiras II que agora passa a se chamar “Rua Maria Lúcia Rodrigues Leles”, de autoria do vereador Professor Francisco Fabiano Diniz Júnior (Professor Popó); o Título de Cidadania Honorária Trespontana ao investigador de polícia da 15ª Delegacia de Polícia Civil de Três Pontas, João Paulo de Oliveira Souza, indicado pelo presidente da Câmara Maycon Machado (PDT) e Maria Selena Silva (PSD). Ele é natural de Boa Esperança e foi criado no Cajuru dos Francisco em Santana da Vargem. Expert em sistemas de tecnologias, em 2014, foi aprovado no Concurso Público para Investigador de Polícia. Em 2016, foi chamado para assumir o cargo. Ainda durante o curso de formação em Belo Horizonte, ele trabalhou na Delegacia de Fraudes no setor de Crimes Cibernéticos. Em setembro do mesmo ano, João Paulo foi transferido para Três Pontas e coloca seu conhecimento-cientifico em diversos sistemas policiais existentes, que vem culminado em investigações robustas e contribuindo com o combate a criminalidade. Do vereador Maycon e Popó, o título de Utilidade Pública Municipal à Associação Trespontana de Assistência e Promoção Social – Comitê de Segurança Alimentar.

Por fim, o Projeto de Resolução assinado pela Mesa Diretora, é quanto as contas indicadas à aprovação pelo Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais, no Município, relativas ao ano de 2018, primeiro ano de mandato do ex-prefeito Dr. Luiz Roberto Laurindo Dias. O único a se manifestar foi Paulo Vitor da Silva (PP), que na época ocupava o cargo de secretário municipal de Educação e diz que foi mais uma vez gratificante estar a frente desta pasta, onde conseguiu fazer grandes investigamentos.

Já do Poder Executivo, foi aprovado a destinação de R$85.000,77 – para a reforma com cobertura da quadra esportiva e sanitários na Escola Municipal João de Abreu Salgado; aquisição de equipamentos para o refeitório da Escola Municipal Nilda Rabelo Reis (Caic) e de academia ao ar livre para o Centro de Convivência dos Idosos.

O vereador Flavão aceitou que o Executivo trocasse o objetivo de sua emenda parlamentar impositiva. Ele havia colocado R$71 mil, para a construção de uma praça no bairro Santa Marta, imaginando que fosse suficiente. Ele foi chamado pela Administração, que sugeriu a troca pelo recapeamento asfáltico no mesmo bairro e Flavão aceitou. Por isto, o prefeito Marcelo Chaves enviou o projeto e foi aprovado por unanimidade.

Famílias vão receber o Cartão Alimentação

Vereadores da base destacaram em seus discursos a importância em aprovar o projeto de lei que foi enviado pela Secretaria Municipal de Assistência Social, que cria o Cartão Alimentação, beneficiando famílias carentes do município. A Administração está empenhando inicialmente, R$200 mil, para destinar R$100 mensais para cerca de 500 famílias, obedecendo critérios. Os beneficiados passam por avaliações dos Centros de Referências em Assistência Social (CRAS I e II) e o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS). O auxílio inovador, chega para atender famílias com renda per capita de até meio salário mínimo substituindo a compra de cestas básicas que são doadas mensalmente, que demandam uma estrutura e logística enorme para fazer a distribuição, além de dar liberdade aos beneficiados de adquirir nos supermercados conveniados de Três Pontas, os alimentos que desejarem. Só é permitido a compra de gêneros alimentícios, materiais de higiene e limpeza. Os usuários do Cartão, que serão preferencialmente mulheres responsáveis pela família, não poderão comprar bebidas alcoólicas, cigarros e nem roupas. As informações gerais foram repassados pelo vereador Geraldo José Prado (Coelho – PSD) e o cartão alimentação é administrado pela Sysprocard, que há muitos anos tem convênio com a Associação Comercial e Agroindustrial de Três Pontas.

O vice presidente da Câmara Antônio Carlos de Lima (PSD), destacou que o dinheiro vai movimentar a economia da cidade e dá oportunidade de todos os comerciantes que queiram, poder fornecer mercadorias aos usuários. Popó falou do crescimento da distribuição das cestas básicas diante da pandemia da Covid-19. Antes eram 80 unidades, muitas por determinação judicial. Agora são mais de 600, através de um cadastramento único que foi feito com entidades e instituições de toda a cidade. Na opinião dele, o cartão vai valorizar mais as pessoas.

O vereador Luciano Reis Diniz (PV), focou no movimento da economia, uma vez que o dinheiro vai circular dentro da cidade. É que com a licitação feita para a compra de cestas básicas, muitas vezes empresas de fora vencem o pregão. Sendo daqui, ainda vai gerar oportunidades no comércio. Depois, disse que a ação tem missão principal no social. O cartão permiti que a família escolha o que levar, ao invés de um item que ele por ventura tenha em casa, pode ser substituído por outro.

O secretário da Mesa Diretora Luan Donizeti Elias (Luan do Quilombo), afirmou que o projeto é brilhante, que a situação econômica das famílias está muito ruim e os R$100 vai trazer mais alento diante de necessidades básicas que tem sendo vista.

O vereador Coelho disse que este é um dos projetos mais importantes que votou desde que assumiu o cargo de vereador no mandato passado. Destacou o trabalho feito pela equipe da Assistência Social, o volume de dinheiro que vai girar no comércio, permitindo que as pessoas sintam-se mais a vontade.

Paulinho também elogiou que o cadastro unificado permite que haja menos desvio, mencionou que o projeto é muito importante para o Município, mas que a preocupação de manter os recursos na cidade, seja também com o lixo, onde se gasta muito para transportá-lo para Nepomuceno. Ele sugeriu que o procedimento seja o mesmo para a compra do kit escolar que pode ser praticado no mesmo modelo.

Já Roberto Donizetti Cardoso (DEM) ponderou que existem muitas famílias de fato precisando, mas que a compra da cesta básica seria melhor ao comprar em licitação, inclusive mais barato. O projeto foi aprovado por unanimidade.

Destaques do Pequeno Expediente

O presidente da Câmara Maycon Machado – Parabenizou sua ex-escola o Caic que completou 27 anos de fundação e no sábado fez uma live. A equipe da Escola juntamente com as secretarias de Educação e Cultura realizaram uma live arrecadando agasalhos e alimentos. Ele lembrou que a Escola vem se destacando ao longo dos últimos anos, os vereadores tem destinado suas emendas para o estabelecimento de ensino e votando projetos que beneficiam a comunidade escolar.

Maycon divulgou que a Secretaria de Cultura atingiu pontuação recorde na pontuação do Patrimônio Cultural, revertida em recursos financeiros do ICMS que será investido no município. Ele parabenizou o secretário Alex Tiso e Ederson Malaquias “Dedê” pela atuação.

Concluiu sua fala, agradeceu ao deputado estadual Professor Cleiton que atendeu seu pedido, destinando R$100 mil de suas emendas parlamentares para a Santa de Misericórdia do Hospital São Francisco de Assis.

Luan do Quilombo – Na última semana, o vereador recebeu pedidos para a melhoria da iluminação das praças públicas e a instalação de lixeiras. Ele sugeriu que os moradores fiquem atentos aos horários de coleta de lixo e que o setor de comunicação faça uma arte divulgando os horários que passa o caminhão da coleta. Luan esclareceu aos moradores do Quilombo, que procurou o Saae para saber sobre a falta d’água, como houve no último sábado (19), e foi informado que está em licitação a apmpliação do reservatório. O número de moradores na região aumentou bastante e demanda também.

Robertinho pediu que a Prefeitura disponibilize um telefone celular para o Posto de Saúde do Morro Vermelho. O aparelho usado atualmente é de uma funcionária que nem sempre está disponível e os moradores precisam fazer contatos para tratar sobre o atendimento na unidade de saúde.

Ele levou ao conhecimento dos colegas e do Executivo, um abaixo assinado dos moradores do bairro Jardim das Oliveiras que pedem uma faixa elevada de pedestre na Rua Marcílio Ferreira de Brito.

O vereador Coelho lamentou durante o Pequeno Expediente, as mais de 500 mortes provocadas pela ‘gripizinha’, como já classificou o presidente Jair Bolsonaro. Ele mencionou que a única solução é a vacina.

Prestando contas, Coelho falou da ponte que foi feita na Fazenda Brejão, que era uma reivindicação antiga dos moradores e sobre as melhorias no prolongamento da Avenida Conceição Queiroz Marinho, afirmou que em 10 dias as obras serão retomadas. Ele se reuniu com o prefeito Marcelo Chaves e o secretário de Obras Maquil Pereira, que esclareceram que o setor está com muitos servidores afastados por causa da Covid-19.

O vice presidente Antônio do Lázaro, divulgou que ele e Coelho receberam uma ligação do gabinete do senador Antônio Anastasia (PSD), informando que será disponibilizado uma antena de internet que será instalada no Posto de Saúde do Morro Vermelho. Já foi acertado com a Secretaria de Saúde, segundo o vereador, que será utilizado na unidade um telefone celular corporativo.

Vila Vicentina vai promover feijoada para arrecadar recursos

0

 

No friozinho deste inverno, um prato que atraiu paladares é uma feijoada. E pensando nisso, é a Vila Vicentina de Três Pontas realizará neste próximo domingo 927) uma feijoada beneficente, com o objetivo de arrecadar recursos e para auxiliar na aquisição de materiais de limpeza, higiene pessoal e alimentação, dos 54 idosos que residem hoje na instituição.

Durante a pandemia da Covid-19, a Vila não pode realizar as famosas quermesses para arrecadar fundos e tem limitados seus serviços em prol da saúde e proteção da instituição. Neste sentido, foi elaborada esta ação solidária, para que a Vila possa dar continuidade a este serviço tão importante para o município e garantir a qualidade de vida dos idosos residentes, envelhecendo com saúde, dignidade e autonomia.

Os convites custam R$20 cada e podem ser adquiridos com os Vicentinos e diretamente na Vila. A retirada será pessoalmente na instituição entre 11:00 e 12:30.

Escolas particulares retomam novamente as aulas no sistema híbrido

0
No Cootec alunos continuam com as aulas remotas e outra turma na sala

 

As escolas particulares de Três Pontas retornaram nesta segunda-feira (21), às aulas no formato híbrido, seguindo um rigoroso controle de medidas sanitárias. O sistema propõe que uma determinada quantidade de alunos de uma mesma sala continuem acompanhando as atividades educacionais on-line, em suas respectivas casas, enquanto a outra turma vai para a aula presencial, modelo colocado em prática por ainda estar na onda vermelha, do Programa Minas Consciente do Governo de Minas, diante da pandemia da Covid-19. O formato é opcional aos pais, e os estabelecimentos de ensino não possuem autorização para que voltem todos para as salas de aulas, enquanto não avançar à onda amarela.

O ano letivo de 2021 começou de forma remota em 08 de fevereiro, seguindo orientações das secretarias municipais de Educação e de Saúde. Em 1º de março, o ensino passou a presencial, e no dia 15, voltou à modalidade remota por conta da imposição da onda roxa.

No Colégio COOTEC, que atende desde os segmentos da Educação Infantil até o 3º ano do Ensino Médio, em média 60% dos alunos retornaram às salas de aulas nesta segunda-feira. Isto acontece após todos os professores já terem tomado a primeira dose contra a Covid-19, respeitando o intervalo posterior de 15 dias, quando a imunização começa a agir. De acordo com a Diretora Polyanna Andrade Rabello, apesar do trabalho efetivo realizado de forma on-line, ter os estudantes no colégio faz toda a diferença. “Mais uma vez, ficamos com o coração agitado, animados com o retorno e esperamos não parar mais”. Ela explica que o Colégio passa por desinfecção seis vezes ao dia por funcionários – antes das aulas, no intervalo e na troca de turnos e, além da desinfecção no fim de semana, feitas por servidores além de uma empresa especializada que foi contratada.

A Coordenadora Pedagógica da COOTEC, Fabrícia Daniele Dias Goulart, acrescenta que estar de volta é extremamente positivo pedagogicamente. No Colégio, os alunos ficam mais concentrados no período escolar, seguem uma rotina de estudos. Quando os estudantes estão em casa, de forma on-line, por mais que as famílias tenham se organizado para receber a escola em suas residências, ainda há muitas distrações, como os ruídos que atrapalham a concentração para os estudos. Ela reafirma que a COOTEC está seguindo a risca todas as medidas, os estudantes estão conscientizados da necessidade de manter o distanciamento e os professores seguros de seguir até o recesso de julho, contando que em agosto os estabelecimentos possam receber todos.

No Colégio Travessia, que integra o Grupo Unis, apesar de ter espaço suficiente para receber a todos, a direção está muito feliz em receber a metade dos seus alunos, neste momento que ainda requer muito cuidado, mas respeitando todas as recomendações.

A diretora Ana Cristina mostra estrutura tecnológica que foi ampliada para as aulas híbridas
Carteiras que não podem ser usadas para manter o distanciamento foram demarcadas

As salas voltaram a ter aulas e uma rotina que faz falta aos profissionais de educação. Nesta segunda-feira 31% dos alunos compareceram. Quem está em casa, assiste a mesma aula ministrada por uma equipe que já domina todo o sistema e o Unis já tem toda tecnologia de ponta, pronta para isto, desde antes da pandemia da Covid-19. A escola atende de manhã, o Fundamental II e Ensino Médio e a tarde o Ensino Fundamental I. Segundo a diretora Ana Cristina Naves, 99% dos professores já estão vacinados, restante apenas três funcionários, sendo duas estagiárias e um professor que contraíram a Covid-19 e estão saindo do período de transmissão. O professor vacinará nesta terça-feira (22).

Não é o movimento que havia antes, é uma nova rotina que mudou a vida das pessoas. No Travessia os intervalos são intercalados a cada duas aulas e servidores ficam atentos para evitar as aglomerações. A Festa Junina que era uma grande comemoração e movimentava toda a comunidade escolar, será transformada em um Arraiá Solidário, que vai receber doações de agasalhos que serão destinados às famílias carentes e os alunos receberão alguns mimos, como brindes e guloseimas.

A Escola Coração de Jesus também retornou as aulas nesta segunda-feira de forma híbrida, seguindo os protocolos sanitários. De acordo com a diretoria, 40% dos alunos estão frequentando as salas. As turmas que estão em casa, acompanham as explicações e atividades de maneira síncrona, ou seja, em tempo real.

Para a Escola, que nesta semana completa 116 anos, ter os alunos de volta é uma grande alegria e eles são recebidos com muito amor e cuidado. Além do zelo preventivo aplicado na estrutura física, toda a equipe passou por capacitação para orientar os estudantes quanto às medidas de combate à Covid-19. Professores e demais profissionais já receberam a primeira dose de vacina contra a doença.

Desde o início da pandemia, completa a diretoria, a Escola Coração de Jesus-Objetivo fecha os conteúdos bimestrais pontualmente, o que significa que as adaptações pedagógicas têm sido eficientes, garantindo o ensino de qualidade que marca a história da instituição.

Clique aqui e acesse o site da ALMG

ESPAÇO JURÍDICO: Vencendo gigantes nos dias de hoje

0

 

Por Marcos Venício de Mesquita

O que muitos se perguntam, é que prova temos para afirmar que a história de Davi na bíblia é verídica. Pois bem, atualmente um grupo de arqueólogos fizeram uma
descoberta que deixou a comunidade cientifica espantada.

Arqueólogos encontraram a ossada do gigante Golias após escavações e comprovaram que a bíblia é verdadeira. Quem foi Davi? Um guerreiro que matou gigantes. A história de Davi e Golias nos traz uma grande reflexão para nossas vidas. Em determinados momentos nos deparamos com situações de grande proporção que aos nossos olhos parecem
impossíveis.

Davi nos da uma lição de vida. Não podemos deixar de lutar mesmo que todos desistam e digam que não tem mais jeito. Nós devemos lutar até o fim com todas as nossas armas se
realmente queremos ser vencedores. Davi ao enfrentar a dificuldade e vencer com coragem teve diversos benefícios vindo do rei. Ele e sua família ficaram isentos de
impostos e Davi ainda casou com a filha do rei. Ao enfrentar as dificuldades você começa a colher os benefícios de suas lutas, a final, só é possível ter vitórias se houver lutas.
Quem foi Davi? Um servo de Deus.

Marcos Venicio de Mesquita
Advogado OAB/MG 52.791
Fonte: www.casosincriveis.com/histórias

Dica da Clô – Você sabia?

0

 

A linha Bepantol atua diretamente para reduzir a perda de água da pele, lábios e cabelos, evitando situações de ressecamento e a descamação, e estimulando a renovação natural dos fios e tecidos da pele,e é também um ótimo aliado para o inverno! Confira a linha completa em uma de nossas lojas e promova um cuidado ainda maior com você.

Farmácia Clorophila – Matriz – Avenida Ipiranga 684
Farmácia Clorophila – Filial – Avenida Ipiranga 774

3265-3200
3266-1650
99924-0238 whatsapp
99972-9399 whatsapp

Depois de planejarem outro crime, jovens que assaltaram farmácia, se apresentam na Delegacia

0

 

Os dois jovens que assaltaram uma farmácia no Centro de Três Pontas, se apresentaram na 15ª Delegacia de Polícia Civil. Os dois investigados de 18 e 21 anos, chegaram sozinhos durante a tarde de sexta-feira (18) e prestaram depoimento.

A dupla reafirmou o que haviam dito, na noite do dia anterior, quando foram presos pela Polícia Militar, no bairro Vila Marilena, quando se preparavam para assaltar um outro estabelecimento. Em depoimento confirmaram que assaltaram a farmácia, que dividiram o dinheiro – cada um ficou com R$450 e gastaram comprando roupas, bebidas e drogas. Ambos não tinham antecedentes criminais, portanto nunca haviam cometido crime antes.

PM evitou segundo assalto da dupla

O assalto na farmácia foi próximo do fim do expediente, do dia 09 de junho. Eles estavam com os rostos cobertos, chegaram armados com um faca e um aparentando ser uma arma de fogo. Eles foram até o caixa, exigiu todo o dinheiro e fugiram.

No dia 17, uma guarnição fazia patrulhamento pelo bairro Vila Marilena, quando desconfiaram dos dois jovens. O rapaz de 18, foi visto jogando algo em um terreno baldio, e ao verificarem o que era, encontraram uma arma de fogo de brinquedo de fabricação artesanal e uma touca ninja.

O outro de 21, que havia conseguido fugir, estava com uma blusa idêntica a usada também no crime. Ele tentou fugir duas vezes e foi preso depois de ser perseguido no bairro Aristides Vieira. O suspeito estava armado com uma faca. Eles já confessaram que haviam assaltado a farmácia e iriam agir novamente. Por não estarem em flagrante, depois do registro da ocorrência foram liberados.

Índice da cesta básica tem queda neste mês de junho em Três Pontas

0
Foto Bruno de Lima - site Segs

 

Após dois meses consecutivos de fortes altas, o Índice da Cesta Básica de Três Pontas (ICB – FATEPS/UNIS) teve queda de -4,43% em junho comparado com maio. A forte queda nos preços do tomate e da batata, em razão da safra de inverno, ajuda a explicar esse resultado do índice. Cabe salientar que muitos produtos continuam com valores bem altos influenciando no orçamento familiar.

A pesquisa realiza a coleta dos preços de 13 produtos que compõem a cesta básica nacional de alimentos nos principais supermercados da cidade, seguindo a metodologia adotada pelo DIEESE nas principais capitais brasileiras. Em 12 meses, de junho de 2020 a junho de 2021, a cesta básica aumentou 17,79% em Três Pontas. No acumulado deste ano de 2021 o índice apresenta queda de -6,37%.

Esta pesquisa demonstrou que no mês de junho o valor médio da cesta básica nacional de alimentos para o sustento de uma pessoa adulta na cidade de Três Pontas é de R$509,88. Esse valor corresponde a 50,11% do salário mínimo líquido. Sendo assim, um trabalhador que recebe um salário mínimo mensal precisa trabalhar 101 horas e 59 minutos por mês para adquirir essa cesta na cidade de Três Pontas.

Entre maio e junho deste ano, dos 13 produtos componentes da cesta básica pesquisada em Três Pontas, 5 tiveram alta dos preços médios, são eles: banana, leite integral, café em pó, açúcar refinado e óleo de soja. Mais uma vez, o pão francês manteve o preço médio inalterado, e sete produtos tiveram queda em seus preços médios: tomate, batata, arroz, feijão carioquinha, farinha de trigo, carne bovina e manteiga.

Foi possível perceber a influência do início da safra de alguns hortifrutigranjeiros, bem como da queda do preço de alguns produtos, no comportamento geral do índice da cesta básica de Três Pontas neste mês de junho. Porém, como estamos salientando nos relatórios dos outros municípios pesquisados, dois fatores importantes precisam ser destacados: esta safra de inverno dos hortifrutigranjeiros é mais curta, restrita e com comportamento mais volátil em função da dinâmica climática, o que pode provocar volatilidades nos preços destes produtos no curto prazo; e alguns produtos continuam com preços bastante elevados como no caso da carne bovina (mesmo com a queda ocorrida neste mês) e do óleo de soja. Outros produtos tiveram altas importantes como leite integral, açúcar refinado e café em pó. Isso reforça a percepção de que a cesta básica continuará impactando fortemente no orçamento doméstico no médio prazo.

Nos relatórios que estamos publicando neste mês de junho destacamos a necessidade de ações e políticas governamentais para tentar minimizar esses impactos, como por exemplo: queda na taxa de câmbio, incentivo à produção regional e venda para o mercado interno, bem como a retomada da política de estoques reguladores para alguns produtos.

Comerciante de Três Pontas foragido da Justiça é preso em Betim

0
Ceresp em BH, para onde o comerciante foi levado. Foto: Divulgação

 

  • Homem descumpriu várias determinações judiciais de se afastar do rapaz que teria supostamente mantido relacionamento extra conjugal com sua mulher

A Polícia Rodoviária Estadual (PRE) prendeu no fim da tarde desta sexta-feira (18), em Betim, na região metropolitana, um comerciante de Três Pontas de 49 anos que estava foragido da Justiça.

A Polícia Civil usando técnicas de investigação, conseguiu rastreá-lo e em ação conjunta, repassou as informações aos policiais rodoviários da 174ª Companhia PM que efetuaram a prisão dele na MG 060. O rapaz estava na companhia da esposa que também é comerciante.

Ele foi levado para a 4ª Delegacia de Policia Civil de Betim e depois encaminhado ao Centro de Remanejamento (Ceresp) Gameleira em Belo Horizonte, onde fica a disposição da justiça. O carro que o casal estava foi liberado para a mulher.

De acordo com a Polícia Civil, o comerciante foi preso por descumprir várias vezes a determinação judicial de afastamento. Ele é investigado por fazer ameaças contra um rapaz, que teria supostamente mantido um relacionamento extra conjugal com a sua mulher, usando inclusive arma de fogo.

Investigadores já teriam ido em seu estabelecimento e na sua casa, porém, o comerciante acabou foragindo e estava sendo procurado.

Dupla de adolescentes conhecidos no tráfico, são flagrados escondendo drogas enterradas em pé de mamona

0

 

A Polícia Militar apreendeu mais uma vez dois adolescentes, de 15 e 16 anos, que são insistentes em vender drogas no bairro São Judas Tadeu em Três Pontas. São inúmeras ocorrências envolvendo os dois, que utilizam um terreno para esconder os entorpecentes, e trazem insatisfação dos moradores pelo movimento de usuários dia e noite no local.

Durante patrulhamento, uma guarnição recebeu informações de um morador que não se identificou por temer represálias, e denunciou que a dupla estava mais uma vez vendendo drogas, entre as ruas Henrique Rabelo com Adolfo de Paula Pereira. Explicou a dinâmica já conhecida dos militares. Eles ficam na esquina, o usuário chega, eles vão até um pé de mamona e pegam a droga.

Uma equipe foi até o local e com um deles foi encontrado apenas um aparelho celular. Ao verificar o pé de mamona, estavam enterrados dentro de uma sacola com 10 buchas de maconha e seis pinos de cocaína e várias embalagens plásticas. Quando os policiais foram até o outro menor, ele tentou correr, mas foi alcançado e contido.

A dupla foi encaminhada à sede da 151ª Companhia de Polícia Militar, juntamente com seus responsáveis e a droga apreendida. Depois de registrada a ocorrência, eles foram liberados.

Adolescentes que estão traficando na Vila Marilena são apreendidos

0

 

A Polícia Militar desencadeou na noite de quinta-feira (17), Operação Batida Policial, para averiguar denúncias sobre menores que estariam traficando drogas no bairro Vila Marilena.

Os policiais depararam com os dois suspeitos de 16 e 17 anos na Rua Guarani e encontraram com eles, três buchas de maconha e 14 pedras de crack. Eles não esconderam que estão vendendo drogas, custando R$10 cada uma.

Eles foram apreendidos, encaminhados ao Quartel da PM para o registro da ocorrência e por serem menores de idade, foram liberados para seus pais.