Anestesista Dr. Márcio Mudrik morre vítima da Covid-19

0
Dr. Márcio morreu na UTI do Hospital Felício Roxo em BH. FOTO: Arquivo EP

 

Faleceu aos 69 anos, na tarde desta sexta-feira (15), no Hospital Felício Roxo, em Belo Horizonte, o médico anestesista Dr. Márcio Mudrik. O profissional que estava na linha de frente à Covid-19, é mais uma vítima da pandemia em Três Pontas.

Ele foi internado no dia 06 de janeiro, no Hospital da Unimed e um dia depois, foi transferido para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI), do Hospital Felício Roxo. Infelizmente, ele sofreu complicações provocadas pela Covid-19, não resistiu e faleceu.

Trespontano, casado com a pediatra Vera Regina Mudrik, ele deixou três filhos, Alexandre, Tais e Paula e alguns netos. Formou em 1976 na Faculdade de Ciências Médicas de Pouso Alegre e fez residência em anestesiologia em São Paulo (SP). Atua em Três Pontas como médico anestesista e clínico geral a cerca de 40 anos. Era especialista em clínica de dor (acupuntura) e foi pioneiro na região.

No Hospital São Francisco de Assis, foi diretor chefe do Centro Cirúrgico durante muitos anos onde e atualmente era anestesista da Santa Casa e tinha uma clínica de dor.

Foi um dos fundadores da Unimed Três Pontas, sendo diretor por vários mandatos. Trabalhou na rede pública de saúde, o SUS, foi médico do antigo INPS, hoje INSS e também clínico geral no ambulatório do extinto Funrural, por mais de 10 anos.

Dr. Márcio Mudrik era muito querido, um médico bastante comunicativo e competente na vocação. Funcionários da Santa Casa fizeram postagens em redes sociais lamentando a morte do amigo que também era bastante comunicativo.

A Associação Médica de Três Pontas (AMTP), divulgou nota lamenta a perda do profissional de saúde. “A Associação Médica de Três Pontas, lamenta o falecimento do Dr. Márcio Mudrik, ocorrido na tarde desta sexta-feira 15/01/2021 vítima da Covid 19. Que seu exemplo de ética e seriedade seja sempre inspirador para todos aqueles que tiveram o privilégio de sua convivência. A AMTP se compadece com a grande perde para classe médica e para toda sociedade trespontana”.

A direção do Hospital São Francisco de Assis, também falou do falecimento do seu colaborador. “Lamentamos a perda de um profissional que por tantos anos dedicou seu trabalho na entidade. Dr. Márcio nos deixa com um enorme pesar. Desejamos força a toda a família para superar esta grande perda. A Santa Casa perdeu um grande profissional, muito querido por todos os colaboradores”, divulgou o provedor Michel Renan Simão Castro.

O corpo de Dr. Márcio Mudrik foi sepultado no Cemitério Municipal de Três Pontas na manhã deste sábado (16).

Farmácia de plantão neste fim de semana – Drogaria Americana da Ipiranga

0

 

De plantão neste fim de semana, dias 16 e 17 de janeiro, em Três Pontas

Drogaria Americana – Avenida Ipiranga 93, no Centro. Telefone 3265-9252 ou peça seu medicamento pelo whatsapp 99849-0040

PM cumpre mandado de busca, apreende drogas e três suspeitos no Centro e no São Judas

0

 

A Polícia Militar cumpriu durante a tarde desta sexta-feira (15), mandados de busca e apreensão em dois endereços de um jovem de 21 anos, conhecidíssimo no meio policial com extensa ficha criminal.

A Polícia Civil investigava o rapaz que tem forte envolvimento com o tráfico de drogas e não esconde isso, pois tem o hábito de fazer postagens nas redes sociais e por isto, solicitou os mandados à justiça em dois endereços deles. Quando os policiais chegaram ao bairro São Judas Tadeu, havia uma adolescente de 16 anos e um rapaz de 26. Durante as buscas foi localizada uma bolsa e em um dos bolsos, seis pinos de cocaína que a menina e o rapaz afirmaram serem do jovem investigado.

Ele foi encontrado no outro endereço, no Centro, acompanhou as buscas e recebeu voz de prisão. Durante o registro desta ocorrência, a PM recebeu denúncia anônima, que parte da droga pertencente estava escondida no meio de um travesseiro que estava na casa. Os militares foram ao local e encontraram 60 pinos de cocaína.

O jovem investigado e o rapaz foram presos, a menor foi apreendida e todos foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil de Três Pontas, onde foram ratificadas as prisões dos dois maiores. A menor prestou depoimento e foi liberada.

Status de poder no tráfico

O jovem investigado de 21 anos tem envolvimento com o crime desde pequeno. Ele ficou muito conhecido, depois de participar de um ataque a Escola Estadual Deputado Teodósio Bandeira em junho de 2016, quando quatro adolescentes atearam fogo no imóvel. O caso repercutiu na região, deixou alunos sem aula. Na época eles tinham entre 15 e 17 anos, foram identificados e apreendidos. Porém, este não parou. Em outubro, ele e mais um deles foram apreendidos com uma garrucha calibre 22 com uma munição. Ele estaria armada ameaçando um morador.

Maior de idade, o rapaz tem o hábito de postar imagens de drogas em sua casa nas redes sociais. Usa seu “status” que é acessado por qualquer pessoa, para publicar fotografias com porções e tabletes de maconha, consumindo e segurando drogas e fazendo o uso de bebidas alcoólicas caras.

O que mais chama a atenção ainda não é audácia dele, mas a coragem de sua mãe, em comentar as postagens, demonstrando que o jovem é líder, é chefe de ponto de tráfico de drogas e é temido pelos usuários. Ele tem passagens por uso de drogas, dano ao patrimônio, desobediência, lesão corporal, furto, porte de arma e tráfico de drogas.

Hospital pode cancelar cirurgias e volta a restringir visitas, diante do aumento de demanda pela Covid-19

0
Foto: Arquivo EP

 

Nos últimos dias, a direção da Santa Casa de Misericórdia do Hospital São Francisco de Assis de Três Pontas, divulgou alguns comunicados importantes e baixou uma portaria, tudo relacionado a pandemia da Covid-19, que voltou a ter reflexos significativos na Santa Casa.

Em virtude do aumento da demanda, decorrente aos atendimentos de pacientes com contaminação pelo Coronavírus e visando preservar recursos para situações de urgência e emergência, algumas cirurgias poderão ser canceladas ou remarcadas.

A entidade está atuando de acordo com as normas sanitárias vigentes, cumprindo todas as determinações legais. A necessidade se dá pelo grande aumento de casos nomunicípio. Apesar de todas dificuldades enfrentadas pelo Hospital, a provedoria garante que até agora, não houve falta de medicamentos ou qualquer insumos, bem como equipamentos de proteção individual (EPI) aos colaboradores.

Apesar do aumento da demanda hospitalar decorrente do aumento de casos com a contaminação pelo Covid-19, a situação atual é de normalidade em relação aos materiais e medicamentos, estando todos os pacientes devidamente assistidos e os colaboradores equipados com a devida segurança. Caso futuramente houver qualquer tipo de escassez, o provedor Michel Renan Simão Castro, comunicará e informará a população, que sempre colaborou e apoiou a entidade.

A portaria do dia 08 de janeiro, comunica que o Comitê para tratar sobre a pandemia na Santa Casa, desde o dia 11 de janeiro, as visitas e trocas de acompanhantes sofreram mudanças. Os pacientes internados na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), não receberão mais visitas por tempo indeterminado. Na clínica médica serão em dias alternados, as segundas, quartas e sextas-feiras, porém, os pacientes que estão com acompanhantes não receber visitas. A troca de acompanhantes serão feitas somente a cada 24 horas.

As ligações realizadas pelos médicos aos famíliares serão feitas somente para os pacientes da UTI e para os em isolamento pela Covid-19.

Essas mudanças se tornaram necessárias para a proteção do contágio frente a pandemia, visando resguardar pacientes, seus familiares e a equipe de saúde.

Três Pontas tem a pior semana da pandemia, com recorde de 118 casos somente nas últimas 24 horas

0

 

*Três Pontas teve em uma semana 267 novos casos e dois óbitos

Três Pontas atingiu nesta sexta-feira (15), 1721 casos confirmados da Covid-19, sendo 118 nas últimas 24 horas – ontem (quinta-feira) era 1603 positivos. O número é um novo recorde de casos positivos, com 118 novas infecções, sendo 997 em mulheres e 724 em homens. A faixa etária com mais infectados é entre 20 e 39 anos, sendo 718 pessoas, depois de 40 a 59 um total de 610 casos. Os óbitos já são 22.

Ainda de acordo com o boletim epidemiológico da Secretaria Municipal de Saúde, existem 392 pessoas em isolamento e 1.296 já se recuperaram da doença. O Hospital São Francisco de Assis tem 15 leitos ocupados por causa da Covid-19, sendo que 11 pacientes já com diagnóstico e 4 com suspeita, aguardando resultado de exame. Os casos suspeitos de síndrome gripal somam 8503. 

A evolução na semana

Comparando a última semana epidemiológica com os números divulgados diariamente, Três Pontas teve em uma semana 267 novos casos. O último recorde havia sido registrado na segunda-feira (11), com 60 casos no fim de semana passado e duas novas mortes. Na terça-feira (12), foram 35, mais 30 na quarta-feira (13), na quinta-feira (14) foram 24 positivados e hoje (sexta-feira) mais 118.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, a Prefeitura realiza diariamente entre 50 e 60 exames de Covid-19 e a rede privada tem feito muitos todos os dias, que são notificados à secretaria. Desde o início da pandemia, farmácias e laboratórios já realizaram 1.111 entre testes e exames. A rede pública já examinou a Covid em 3.974 trespontanos. Dos 118 casos confirmados nesta sexta-feira, quase 60 foram feitos na rede privada.

Santana da Vargem cria Centro de Referência para pacientes com síndrome gripal

0

 

A Prefeitura de Santana da Vargem abriu na manhã desta quinta-feira (14), um exclusivo para atendimento de pacientes com síndrome gripal. O número de vargenses que passaram a sentir os sintomas aumentou, assim a Secretaria de Saúde quer separar estes pacientes que podem estar com suspeita de Covid-19 e tinham que ir até as unidades básicas de saúde, juntar aos demais oferecendo inclusive riscos aos profissionais de saúde.

De acordo com a secretária municipal de Saúde Paula Figueiredo, o objetivo é oferecer um atendimento especializado, tendo orientações médicas eficientes, informando às pessoas tudo aquilo que está sendo feito. São tantas informações que as vezes até confunde.

Atualmente há uma vasta variedade de sintomas. Como é uma doença ainda desconhecida, a medida que o tempo vai passando esse quadro de sintomas vai aumentando. No início da pandemia era considerada síndrome gripal – tosse, falta de ar, coriza, febre, mas hoje estes sintomas já estão tão variados que eles podem estar relacionados à quadro de diarréia, vermelhidão no olho que dá sensação de alergia, assim como vários outros. Em casos destes sintomas é preciso procurar o Centro.

A unidade referência de atendimento foi montada no “Centro Reviver”, está funcionando todos os dias da semana, de 7:00 da manhã as 19:00 horas, tirando esta demanda dos postos. Conta com equipe médica e de enfermagem, onde é feita a triagem do paciente antes da consulta e no pós-consulta e o seu quadro de saúde é acompanhado para que tenha melhora do quadro. O horário de funcionamento e manutenção do Centro vai ser avaliado de acordo com o quadro epidemiológico.

Santana da Vargem tem três óbitos e 156o]ultrapassou os 100 casos confirmados de Covid-19, depois de uma alta significativa na semana passada, relacionada as festividades de fim de ano. Foi uma contaminação diferenciada das anteriores, que levou uma população de menos de 30 anos a se infectarem, nas aglomerações de Natal.

Atualmente tem se notificado uma média de 18 a 20 pessoas por dia, não significando que esses resultados estão positivos, pelo contrário, esta semana essas positivações diminuíram bastante e em média são positivados de dois a três casos confirmados diariamente. “Na semana passada teve aquele aumento significativo que deixou todo mundo meio apavorado. E intensificamos a campanha tentando conscientizar a população para que a gente não tenha alta significativa agora nesses próximos meses, considerando que janeiro é férias, e existe uma demanda da população externa para dentro do nosso município”, alertou a secretária. Ele diz que muitas pessoas receberam familiares em casa, acreditando que entre família estão seguras. Este é um dos maiores problemas que se tem em termos de contaminação, além das festas.

Decisões são tomadas pelo Comitê da Covid-19

As decisões tomadas em Santana da Vargem relacionadas a Covid-19, são por um Comitê, criado exclusivamente por este fim, com profissionais da saúde que acompanham a evolução, os números e o reflexo que a pandemia está tendo no Município, mas também de olho na situação epidemiológica da região, principalmente da microrregião de Três Pontas, que depende dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), do Hospital São Francisco de Assis.

O Comitê respalda todas as atuações do prefeito José Elias Figueiredo e como primeira medida de 2021, foi decidido pela criação do Centro de Atendimento à Sindrome Gripal. Além de ter reforçado nas redes sociais que a população colabore para evitar que casos mais graves sejam confirmados. O comércio também tem sido foco da atuação dos profissionais de saúde, com os cuidados já estabelecidos anteriormente. “A gente tem repetido as orientações que são de conhecimento de todos. Temos evoluído de acordo com as demandas e logicamente que que se houver necessidade nós iremos atuar de forma mais dura em relação ao comércio, as festas, as multas que anteriormente foram estabelecidas e depois revogadas, mas por enquanto iremos trabalhar de acordo com a nossa evolução”, destacou Paula Figueiredo.

Hoje não existe mais a multa para quem não utiliza máscara, mas caso se perceba a necessidade, a penalidade pode voltar a ser cobrada na cidade. Mas, segundo Paula, com a explosão de casos confirmados na semana anterior, a população se sensibilizou um pouco mais e entendeu que o uso da máscara é fundamental para cada um. A preocupação veio também com as pessoas que visitaram Santana da Vargem no fim de ano. “Andando nas ruas eu vi uma melhora realmente e mais gente usando a máscara. A gente tem deixado isso bem claro, que não vamos fugir a nossa responsabilidade, inclusive, estamos investindo para que a população seja melhor atendida. Estamos colocando atendimento médico, fazendo exames em pessoas sintomáticas, levantando orientações e não vamos fugir a nossa responsabilidade, mas o nosso apelo é justamente porque funcionamos em um sistema de funcionamento em rede. Santana da Vargem não tem hospital, estamos submetidos a situação de Três Pontas que atualmente já se encontra praticamente lotada. Não temos muitas ações para serem feitas diante do caos da lotação e por isso pedimos encarecidamente que a população colabore de forma individual, se responsabilizando também juntamente a suasaúde, para que a gente consiga passar ileso por essa situação”, destacou Paula Figueiredo.

A Secretaria de Saúde irá disponibilizar um telefone também neste Centro de Referência, onde a população vai poder buscar todas as informações referentes ao tratamento, diagnósticos e sintomas.

PM apreende revólver e evita tentativa de homicídio no Santa Margarida

0

 

*Intenção do jovem preso com a arma, era matar o rapaz que ele diz estar saindo com a sua mulher

A Polícia Militar de Três Pontas apreendeu na noite desta quarta-feira (13), uma arma de fogo e evitou um possível homicídio, no bairro Santa Margarida. Um jovem de 22 anos montou uma emboscada, que acabou dando errado depois de denúncias feitas à polícia.

Informações que chegaram através do 190, era de que havia um homem com uma arma, dentro de um carro prata, estacionado entre caminhões na Rua Urbano Garcia de Figueiredo Neto, em frente aos armazéns de café.

As guarnições do turno de serviço, elaboraram um plano para fazer a abordagem ao veículo. Quando chegaram, encontraram o suspeito com o banco deitado, certamente para não ser visto. O carro era um Corsa que tinha os vidros completamente escuros.

Ele desceu e ao ser questionado, sobre a arma negou, porém, os militares viram um coldre em cima do banco. Diante desta evidência que havia arma ali dentro, o jovem percebeu que não tinha mais saída a não ser abrir o jogo. Contou que havia um revólver calibre 38 com numeração intacta, todo municiado com 6 munições, escondido no painel, abaixo da direção. Ainda sendo questionado se havia algo mais de errado, o jovem mostrou que do outro lado do painel, embaixo do porta luvas havia munições. Os PM’s encontraram mais 24 munições.

Arma e 30 munições foram apreendidas. Foto: Equipe Positiva

Ele justificou que havia um homem que estava saindo com sua mulher, que estaria nas proximidades e ele montou uma emboscada e assim que o visse iria matá-lo.

O veículo, a arma e as munições foram apreendidos. O rapaz foi preso e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil de plantão de Varginha. O jovem já cumpriu pena e tem passagens por tráfico de drogas.

O veículo que ele estava foi apreendido

Rapaz pede copo d’água em loja no Centro, furta celular e vai parar na cadeia

0
Imagem: circuito de segurança da loja

 

O furto de um aparelho celular, em uma loja no Centro da cidade de Três Pontas, chamou a atenção durante a tarde desta quarta-feira (13). Imagens da ação de um rapaz cometendo o furto circulou nas redes sociais.

De acordo com a Polícia Militar, o homem de 51 anos chegou ao estabelecimento vendendo rifas beneficentes. Ele aproveitou a sua parada na loja para pedir um copo de água e acabou cometendo o furto. O homem pediu a água e quando a moça foi até a cozinha, pegou um aparelho celular qu estava em cima do balcão. As imagens mostram ele colocando o aparelho no bolso. A lojista volta, lhe entrega o copo d’água, ele bebe e vai embora.

Quando a moça foi procurar pelo celular não encontrou e percebeu que havia sido furtado. A Polícia Militar foi chamada e ao ver as imagens do circuito reconheceu o suspeito.

A guarnição deslocou até a residência dele no bairro Santa Inês. Ele negou que tenha feito o furto, mas os policiais encontraram um outro aparelho na casa, com a foto de um morador da Rua Barão da Boa Esperança. Ao irem até lá, descobriram que este aparelho havia sido furtado na segunda-feira (11), mas a vítima não havia registrado a ocorrência.

Imagem mostra o homem pegando celular do lado de dentro do galpão

O homem então, acabou confessando que o aparelho furtado na loja estava em um móvel na sua casa.

Os dois celulares foram apreendidos. O rapaz  recebeu voz de prisão, foi levado para a Delegacia de Polícia Civil onde foi ratificado a sua prisão em flagrante. Ele foi levado para o Presídio de Bom Sucesso.

BANDEIRAS POLÍTICAS: Multa para quem não usar máscara, Varginha seguindo os passos de São Sebastião do Paraíso!

0

Por Loui Jordan

Antes de tudo, a política tem uma considerável relação com a pandemia. Bom, tendo isso como ponto focal, o Projeto de Lei nº 04 de 2021, foi aprovado pelo Parlamento Varginhense nesta quarta-feira (13). Vale informar que o projeto foi proposto pelo Poder Executivo, e se refere a aplicação de multa administrativa para quem não cumprir com o uso obrigatório de máscara. (Fonte: Varginha Online)

Importante lembrar que o município de São Sebastião do Paraíso já havia estabelecido esse tipo de política em abril de 2020 e retornou esse mês com restrições e estratégias mais intensivas, visando conter a propagação da pandemia do novo Coronavírus.

O papel das políticas públicas na pandemia

As políticas públicas podem ser eficazes se bem aplicadas. A punição em termos comportamentais não gera educação, como o Brasil tem digamos assim, um déficit, no que tange a consciência individual e coletiva, apostar em multas e em uma fiscalização mais centralizadora e rígida, é um meio da política se mostrar mais atuante positivamente na pandemia.

Entretanto, moralmente, é elegante antes de vigorar uma lei dessa tipologia, que o órgão público fiscalizador e autor da lei, disponibilize máscaras para todos os munícipes, de forma antecipada. Dessa maneira, o infrator terá menos “desculpas”, mas a questão central não é em se punir por punir, é sim encontrar um modo eficaz de vencer a propagação do Covid-19, já que o risco de punição se tornou uma cultura no país.

Um exemplo, os radares nas estradas. Eles não moralizam os condutores, pelo contrário, só demonstram o quanto o estado não confia na civilidade e educação dos mesmos, embora, por ironia, é o próprio estado que norteia a educação dada a seus pagadores de impostos. Uma coisa é certa, muitas instituições políticas não são nem exemplos para impor regras, basta lembrar que o governo nacional permitiu que o Carnaval 2020 acontecesse. Em suma, as políticas públicas podem ser uma grande ferramenta no combate da pandemia, mas a força-tarefa só será avassaladora com o apoio populacional.

Bandidos assaltam sítio na zona rural de Três Pontas e levam caminhonete e dinheiro

0

Uma família de trabalhadores rurais viveram momentos de terror nas mãos de criminosos, que invadiram um sítio, na Comunidade do Morro Vermelho, em Três Pontas, na madrugada desta quarta-feira (13).

Era pouco mais de meia noite, quando quatro homens encapuzados, dois deles armados com revólveres, invadiram a residência e renderam uma família, um trabalhador rural de 44 anos, a esposa de 45 e dois filhos do casal, uma adolescente de 16 e um menino 5 anos de idade.

Eles arrombaram a porta de madeira e encontraram com a esposa que ouviu o barulho dos cães e se levantou para ver o que era. Os criminosos foram nos quartos, renderam o marido e depois os filhos que já estavam dormindo. Eles apontavam a arma a todo momento para o rapaz, fazendo ameaças de morte, determinando que lhe entregassem o dinheiro e a chave da caminhonete.

Os criminosos pegaram aproximadamente R$500 que estavam na sua carteira, a chave de uma caminhonete Hillux, além de três aparelhos celulares e um tablet.

Depois, eles trancaram o restante da família em um dos quartos, levaram o trabalhador rural até a tulha e pegaram várias ferramentas. Não satisfeitos, os dois criminosos armados determinaram que ele conduzisse um trator que estava no local, até um cafezal, a cerca de 500 metros do local onde estavam.

Quando ele foi liberado para voltar para casa, os bandidos mandaram que ele não olhasse para trás, porque se não ele iria morrer.

Os criminosos fugiram em seguida. O sitiante voltou ao local onde tinha deixado o maquinário que conseguiu recuperar o trator.

A Polícia Militar foi chamada no local, já era de manhã e registrou a ocorrência. O caso já é investigado pela Polícia Civil.

Até agora ninguém foi preso. A reportagem conseguiu fazer contato com a família, que está abalada e triste com tudo que acontece e por medo não quiseram gravar entrevista.

O caso já está sendo investigado pela Polícia Civil.