“Boca Preta” invade casa no Centro e esfaqueia rapaz

0
Foto: arquivo EP

 

A Polícia Militar procura por “Boca Preta” e um comparsa dele de 39 anos, suspeitos de esfaquear um rapaz de 27 anos, no Centro de Três Pontas.

Uma guarnição da PM foi chamada na Rua Minas Gerais, pouco antes da meia noite, onde segundo a vítima, “Boca Preta” e um colega dele, chegaram em sua casa, arrombaram a porta, invadiram o imóvel, agrediram o rapaz e depois desferiram uma facada. O golpe teria atingido a região da cintura. A polícia acionou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) que socorreu a vítima para o Pronto Atendimento Municipal (PAM). O rapaz teve ferimentos leves, mas permaneceu em observação médica. Ele já tem passagens na polícia por envolvimento com o tráfico de drogas.

‘Boca Preta” e o outro suspeito ainda não foram encontrados. De acordo com a PM, “Boca” foi abordado por uma guarnição da polícia uma hora antes do crime, nas proximidades da Praça do Galo e não estava armado.

Duas vezes em uma semana 

No fim da semana passada, “Boca Preta” agiu pela primeira vez desde que saiu do Presídio. Moradores do bairro Aristides Vieira informaram que ele estaria bebendo com um amigo em uma casa na Rua Adolfo de Paula Pereira. Eles se desentenderam, “Boca Preta” pegou um garfo e atacou o colega com vários golpes nas costas. A vítima não procurou atendimento médico e a polícia também não foi acionada para registrar a ocorrência.

Toca o terror

A justiça mandou soltar “Boca Preta” no dia 23 de julho. Ele foi preso depois de esfaquear pelo menos três pessoas, em pouco mais de um mês, no início do ano em Três Pontas. O rapaz estava preso no Presídio da cidade desde 14 de fevereiro. Ele foi preso diversas vezes, mas acabava sendo liberado depois de assinar Termos Circunstanciais de Ocorrências (TCO).

Sem falar as outras tantas vezes que a Polícia Militar o encontrou armado com faca, evitando que ele matasse as vítimas, como estava prometendo na época. Quando foi preso pela Polícia Civil no bairro Vila Marilena, não ofereceu resistência e permaneceu em silêncio.

Beneficiado pela justiça

Na decisão assinada pelo juiz criminal Dr. Enismar Kelley de Freitas, que liberou “Boca Preta”, foi ressaltado que o inquérito policial foi concluído apenas no dia 02 de maio, quase três meses depois e a instrução processual não começou. “Boca Preta” está preso a 5 meses e já teria cumprido a título de prisão processual, quase metade da pena mínima, ao delito que ele é acusado, tornando desproporcional a sua prisão. O magistrado, ainda, afirma que houve uma demora injustificada do processo que não pode causar prejuízo ao preso, já que sequer havia previsão de audiência de instrução e julgamento do caso. As audiências serão marcadas após a pandemia, quando os prazos dos processos retomarem da suspensão.

Rapaz passa mal e morre dentro do Cemitério

0

 

Um rapaz de 48 anos morreu no início da tarde deste sábado (08), dentro do Cemitério Municipal de Três Pontas.

Roberto da Silva Oliveira foi encontrado por um coveiro por volta de 13:30, caido entre os túmulos. Ele estava trabalhava fazendo serviços limpeza e reparos em túmulos no Cemitério, quando passou mal e morreu. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado, mas já encontrou Roberto sem vida. A suspeita é que ele tenha sofrido um infarto.

A Polícia Militar foi acionada e verificou que não havia nenhum sinal de violência no corpo do homem, por isso não houve perícia. O corpo foi liberado para o serviço funerário.

Comércio funciona neste sábado até as 17 horas

0

 

O comércio de Três Pontas estará funcionando neste sábado, dia 08 de agosto, véspera do Dia dos Pais, até as 17:00 horas. Oportunidade dos clientes comprarem os presentes para os pais, evitando aglomerações. Funcionários e clientes precisam seguir as recomendações de saúde

Três Pontas tem 167 casos de Covid-19; 30 apenas em uma semana

0

 

Três pontas fechou a semana com 167 casos positivos de Covid-19, sendo 30 a mais que na última semana, incluindo cinco óbitos. Somente nesta sexta-feira (08), foram 7 novas confirmações. Um óbito foi esta semana e a vítima foi uma idosa de 66 anos, que faleceu na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), do Hospital São Francisco de Assis. Todas as vítimas foram mulheres, com idade de 72, 43, 48, 73 e 66 anos. Entre os casos confirmados, as mulheres são a maioria – 87 contra 80 homens.

De acordo com o último boletim epidemiológico, são 132 pessoas já recuperadas, 29 pacientes estão em isolamento domiciliar, seguindo protocolo de saúde e apenas um paciente está internado. Os possíveis casos de síndrome gripal, desde o início da pandemia, somam 1.807.

Dia Nacional de Combate ao Colesterol

0

 

“O colesterol elevado no sangue é uma das principais causas de doenças cardiovasculares, entre elas infarto e acidente vascular cerebral, um importante fator de risco de morte. O colesterol no sangue circula ligado a lipoproteínas chamas de colesterol bom (HDL) e colesterol ruim (LDL). O excesso de LDL é que está associado às doenças cardíacas. Por outro lado, o HDL até protege das doenças cardíacas. O excesso de colesterol ocorre por fatores genéticos e alimentares, por isso pessoas magras podem ter colesterol alto. Cerca de 70% do colesterol no sangue vem do fígado e apenas 30% vêm da alimentação.

Importante controlar os outros fatores de risco, além dos níveis de LDL, é preciso controlar a glicose, a pressão, parar de fumar e reduzir o peso quando excessivo. Evitar o sedentarismo, evitar comer alimentos com gordura saturada e processados.”

Procure nossas atendentes e realize o seu perfil lipídico. Laboratório Padre Victor Rua Nossa Senhora D’Ajuda 184 – no Centro.

 

Governador Romeu Zema entrega respiradores em Três Pontas e diz que o pior da pandemia já passou

0

 

Três Pontas recebeu pela primeira o atual governador de Minas Gerais Romeu Zema (Novo). A visita ocorreu nesta sexta-feira (07), para a entrega de cinco respiradores e cinco monitores para a Santa Casa de Misericórdia do Hospital São Francisco de Assis, que serão utilizados no tratamento de pacientes com Covid-19 no município e na região. Com isto, a unidade hospitalar conta agora com 20 equipamentos em leitos de UTI e recebe pacientes da macrorregião de saúde, ampliando a rede de atendimentos.

Zema pousou de helicóptero na Unidade do Sest Senat “Adriene Barbosa de Faria Andrade”, acompanhado do secretário de Estado de Saúde Carlos Eduardo Amaral, onde ocorreu uma cerimônia rápida, bastante restrita e sem a presença de muitos políticos, tradicionalmente como ocorre, com a vinda de um Chefe do Executivo mineiro, seguindo protocolo de enfrentamento ao novo Coronavírus.

Entre os convidados estavam, o deputado federal Diego Andrade (PSD-MG), o deputado estadual Mário Henrique “Caixa” (PV), o prefeito Marcelo Chaves Garcia (PSD), o presidente da Câmara vereador Maycon Douglas Vitor Machado e o provedor da Santa Casa. No auditório, além dos veículos de imprensa, apenas a secretária de Saúde Tereza Cristina Corrêa Rabelo, o vice presidente do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde Minas Gerais (Cosems) e secretário de Saúde de Santana da Vargem Hermógenes Vaneli, e os prefeitos de Boa Esperança e Santana da Vargem, Hideraldo Henrique Silva e Renato Teodoro da Silva, respectivamente.

Antes da entrevista coletiva o governador discursou. Ao iniciar cumprimentando as autoridades, fez referências individuais aos dois deputados majoritários do Município. Começou por Mário “Caixa”, revelando que os respiradores que chegaram à Santa Casa, foi um pedido do parlamentar trespontano. “O deputado representa muito bem o município. Vocês têm um excelente deputado estadual”, enfatizou. Para Diego Andrade, os elogios vieram pela sua liderança na bancada mineira no Congresso Nacional em Brasília e sua atuação a favor de Minas Gerais, junto ao presidente Jair Bolsonaro.

Romeu Zema destacou que o maior temor sempre foi que o nosso sistema de saúde não fosse suficiente para atender pacientes de Covid-19. Por isso, o Governo tem trabalhado sistematicamente para adiar o pico da curva. “Fizemos tudo que estava ao nosso alcance e, com a Graça de Deus, tudo indica que o pior já ficou para trás”, disse Zema. Os primeiros casos da doença no estado foram registrados em março e a vivência do pico está sendo considerada final de julho e nesse início do mês de agosto. O chefe do Executivo, diz que Minas é o estado com a menor taxa de Covid-19 do país. O resultado foi conquistado, segundo Zema, a duas semanas, indicando que o trabalho realizado foi  fundamental com apoio da população. “Eu atribuo esse resultado ao perfil do mineiro que é mais criterioso, mais desconfiado e no momento como esse faz diferença. Minas hoje é um estado que está afrente dos outros”, acrescentou.

Governador Zema falou aos jornalistas. Acompanhado, na foto, pelo prefeito Marcelo Chaves e o provedor Michel Renan

Os constantes investimentos em hospitais de estruturas permanentes serão um legado que as ações de enfrentamento à pandemia deixarão para o Sistema Único do estado, na avaliação do próprio Governo Zema. De fevereiro a agosto deste ano, foram abertos 1.678 leitos de UTI em Minas Gerais, o equivalente a um aumento de 81%. Na macrorregião de Três Pontas, a ampliação foi de 281 para 501 unidades, expansão de 78%. O governador comentou ainda que foram adquiridos 1.047 respiradores, em compra escalonada, e que a maioria já foi distribuída. Outros 343 equipamentos foram enviados pelo Ministério da Saúde, sendo 174 para uso em UTI’s, além de 169 ventiladores de transporte, utilizados em ambulâncias. Acrescentou, entre as ações, o aumento de leitos de enfermaria e o conserto de mais de 300 respiradores que estavam sem uso em todo o Estado.

Além do governador de Minas Gerais discursou apenas o prefeito Marcelo Chaves, que fez questão de divulgar as boas referências que Três Pontas possui – a terra da fé, da música, do café e do ex-governador de Minas, Aureliano Chaves de Mendonça. Ele agradeceu a presença do governador e sobre os aparelhos doados à Santa Casa analisou que eles trazem esperança e tranquilidade para o trespontano. O gestor disse que assim como a ideologia do governo Zema, ele acredita  numa gestão enxuta, eficiente e na força do empreendedorismo, por isso, Três Pontas possui uma situação confortável financeiramente, mesmo diante das crises enfrentadas em decorrência da greve dos caminhoneiros, da retenção de recursos por parte do Governo Mineiro anterior e da pandemia, tudo enfrentando neste mandato histórico para os prefeitos. Além da adoção de ideia de um Estado enxuto, Marcelo divulgou ainda, que sua Administração está economizando recursos públicos principalmente com a redução da folha de pagamento de cargos em comissão, priorizando a nomeação de servidores de carreira, investimento forte numa política de estímulo a industrialização, com altos investimentos em infraestrutura como a realização da histórica obra da Avenida do Foguetinho.

Coletiva destaca participação dos prefeitos no combate a Covid-19

A coletiva também foi bastante reduzida. O governador Romeu Zema respondeu a apenas quatro perguntas. A primeira delas foi respondida ao jornalista Denis Pereira da Equipe Positiva/Correio Trespontano. Perguntamos ao governador e ao secretário de Saúde qual a importância da participação dos prefeitos até que no enfrentamento a pandemia e quais os desafios agora com a nova versão do Plano Minas Consciente.

Zema respondeu que a participação dos prefeitos tem sido importantíssima desde o início. Diferente de outros estados que adotaram uma decisão centralizada, em Minas se descentralizou as decisões. No primeiro momento, em 20 de março, o Estado solicitou o isolamento, porque todos estavam lidando com um inimigo invisível, imprevisível e desconhecido. Mas depois se enxergou rapidamente que não faria sentido tratar igualmente um estado com 853 municípios de forma igualitária. Algumas cidades já haviam casos, em alguns dezenas de casos e óbitos e boa parte sem nenhum caso ou óbito. “Os prefeitos, muito mais do que eu, conhecem os seus municípios. Tenho certeza que o prefeito Marcelo é muito mais capaz de decidir sobre assuntos aqui de Três Pontas que eu que estou em Belo Horizonte. Nada mais lógico do que deixar a decisão para os prefeitos”. Na visão de Zema, o Ministério Público e o Poder Judiciário não ficaram muito confortáveis com essa situação de descentralização porque não confiam tanto numa gestão municipal e optaram por obrigar os prefeitos a aderirem ao Minas Consciente, porém, ele admitiu que já estava planejado um aprimoramento do plano. Nos critérios de agora, lançado esta semana, mesmo sendo impositivo, o Minas Consciente ficou mais flexível. O município não necessariamente está como a macrorregião dele, ele tem a microrregião e ele, caso tenha menos de 30 mil habitantes, ainda tem a questão de ser visto como um caso excepcional.

 O secretário de Saúde Carlos Eduardo falou da mudança no Programa Minas Consciente, que Três Pontas optou pela onda amarela

O secretário de Estado de Saúde Carlos Eduardo Amaral, acrescentou que a mudança da versão do Minas Consciente acontece em um momento importante. A primeira versão tinha o objetivo muito claro, de efetivamente frear o risco de explosão de casos da Covid em Minas Gerais. À medida que se viu que a tendência era de não ter mais a explosão, embora houvesse até um nível grande de casos, a Secretaria de Saúde começou a reestudar o que fazer com o Minas Consciente no momento em que se atingisse o pico ou o platô. O estudo perdurou meses, inclusive houve uma consulta pública que teve a maior participação da sociedade desde quando iniciaram-se as consultas públicas.

O secretário explicou que as prefeituras podem variar dentro da banda – entre as limitações das macrorregiões e das microrregiões – todas com critérios estudados e estipulados pela Secretaria Estadual de Saúde. “Com isso vamos conseguir dar uma individualidade adequada para cada realidade municipal. Entendemos que no momento, aconteceu a parada da subida de casos, ainda não estamos na descida. Por outro lado, como a tendência de conviver com a epidemia, com a Covid é longa, vamos precisar ter isso uma modulação em que, em alguns momentos precisamos ficar mais restritivos, em outros menos. Isso vai acontecer, mas vinculado aos municípios e não simplesmente uma visão de todo o estado.

Outra questão levantada é que de acordo com o secretário estadual, nas macrorregiões é que existe uma tendência de equilíbrio de ocupação. Há flutuações, mas não há nenhuma região no estado com tendência de aumento da ocupação, segundo Carlos Amaral. De uma forma geral, hoje há uma ocupação abaixo de 70% e isso significa que, de cada 10 leitos de UTI, três estão livres, ou seja, temos uma capacidade grande de atendimento. Mesmo tendo leitos, há muito cuidado porque quando se perde o controle, a Covid estoura.

O governador Romeu Zema foi questionado também sobre a volta as aulas e disse que ainda não há data prevista. A confirmação de quando os estudantes poderão voltar para as salas de aulas, virá no momento adequado, com antecedência, porém, o retorno será baseado em medidas seguras. Minas Gerais vai acompanhar experiências em outros estados como o Amazonas, onde as aulas começaram de forma gradativa.

Respiradores chegam em bom momento

A Santa Casa montou com apoio do município uma UTI com 5 leitos exclusivos para atendimento de pacientes com Covid-19. De acordo com o provedor do Hospital Michel Renan Simão Castro, eles já tiveram lotação máxima e os novos respiradores com monitores vai dar mais tranquilidade a direção, já que a unidade de 10 leitos de outras patologias fica lotada o ano inteiro.

Com isto, Três Pontas deixa de ser sede de micro e referência para 5 municípios e passa a atender pacientes de outras localidades que necessitem de cuidados hospitalares devido a pandemia. Com 20 respiradores, a Santa Casa já tem adiantado o processo de credenciamento dos novos 10 leitos para atender as outras patologias, quando a Covid-19 cessar.

Visita a estrada do Foguetinho

O advogado Luciano Diniz, o prefeito Marcelo Chaves, o presidente da Câmara Maycon Machado, o governador Romeu Zema, o deputado Mário Caixa, o deputado federal Diego Andrade e o secretário de Estado de Saúde Carlos Eduardo

A comitiva seguiu depois da cerimônia para uma visita as obras de asfaltamento da estrada que liga a MG 167, saida para Varginha até a região dos Quatis, conhecida por estrada do “Foguetinho”. Junto com o prefeito e deputados, Zema enalteceu que vendo a dimensão da obra, constata que ela será importante para o desenvolvimento do município. Ele posou para fotos e os parlamentares gravaram vídeos com o governador.

Duas drogarias estão no plantão deste fim de semana

0

 

Veja o plantão farmacêutico deste fim de semana, dias 08 e 09 de agosto

Drogaria Três Pontas – Rua Bento de Brito nº. 276 – telefone 3265-7105
Drogaria Líder – Rua Barão do Rio Branco, nº. 57 – telefone 3265-2229

O ÚLTIMO LANCE: Campeonato Brasileiro da Série A começa neste sábado

0
(FOTO:André Durão/GloboEsporte.com)

A 64ª edição do Campeonato Brasileiro da Série A terá início hoje (08). Com o retorno da Série B ontem (07) e o começo da Série C também neste sábado, a principal divisão do futebol brasileiro será iniciada com jogos que prometem bastante, o único fator negativo é a ausência de torcida nos estádios, no entanto, a justificativa é mais do que compreensível.

Com o torneio sendo disputado no formato de pontos corridos desde 2003, normalmente o campeonato premia o time mais regular e com um desempenho mais elevado. Dito isso, o atual campeão, Flamengo, segue favorito e mesmo de técnico novo, o rubro-negro leva a melhor em uma série de quesitos, fora que seus potenciais algozes estão devendo um pouco de futebol, bom dizer que favoritismo não significa vitória antecipada, apenas que um time tem mais condições no momento que o outro. Confira os jogos programados para esse final de semana:

Jogos da 1ª rodada

Hoje (08)

FORTALEZA X ATHLETICO-PR / ARENA CASTELÃO – 19H

CORITIBA X INTERNACIONAL / COUTO PEREIRA – 19H30

SPORT X CEARÁ / ILHA DO RETIRO – 21H

Amanhã (09)

SANTOS E BRAGANTINO / VILA BELMIRO – 16H

GOIÁS X SÃO PAULO / ESTÁDIO DA SERRINHA – 16H

FLAMENGO X ATLÉTICO / MARACANÃ – 16H

GRÊMIO X FLUMINENSE / ARENA DO GRÊMIO – 19H

A título de informação, três jogos foram adiados devido ao calendário deficitário que impera no futebol brasileiro. Portanto, devido ao envolvimento em finais de campeonatos estaduais, em que as datas colidem com a estreia do Brasileirão, Corinthians x Atlético-GO, Botafogo x Bahia, e Palmeiras x Vasco da Gama foram adiados.

Sem sombra de dúvida, o jogo mais empolgante em teoria será entre Flamengo e Atlético Mineiro. O Galo tem feito investimentos para sonhar alto, vai visitar o time a ser batido, de técnico novo. O Flamengo irá estrear, Domènec Torrent, o espanhol chegou para vaga de Jorge Jesus. Outros duelos também serão interessantes, saber como o Santos e São Paulo irão estrear, já que ambas as equipes estão em estado de desconfiança, e a mesma coisa para o Inter de Porto Alegre, o Colorado não consegue se firmar, embora o time tenha qualidade.

Você pode conferir uma análise da 1ª rodada do Brasileirão da Série A, no programa BOLETIM ESPORTIVO, que começa às 19h20 no facebook da EQUIPE POSITIVA. Informação, análise e uma visão sobre os jogos, não perca!

Três Pontas está na onda amarela no Programa Minas Consciente

0

 

Três Pontas como outros municípios mineiros aderiu ao Programa Minas Consciente. O município faz parte da macro-sul e o Governo de Minas Gerais sugeriu a microrregiões do Sul de Minas para que possam aderir à onda vermelha no Programa Minas Consciente, que permite apenas a abertura de serviços essenciais. Porém, como adotou outras cidades, Três Pontas vai optar pela macrorregião e se manter na onda amarela. A tomada de decisão sobre qual critério seguir, o recomendado para a macro ou a microrregião, fica a cargo de cada prefeito.

Com isto, as restrições impostas atingem apenas as academias e serviços de estúdios de colocação de piercings e tatuagens, que precisarão ser fechados. Outros setores atingidos, já não estão funcionando como atividades artísticas, biblioteca, clubes, bares com música ao vivo e casa de shows.

De acordo com a secretária de Saúde Tereza Cristina, a grande preocupação é com os pacientes internados que necessitem de aparelhos respiradores, na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). O município monitora diariamente a taxa de incidência Covid-19; taxa de ocupação de leitos UTI e o aumento do número de casos. “Se tivermos com o Hospital lotado o município regride, consequentemente a fiscalização vem”, disse Tereza Cristina. O município busca índices favoráveis para a inclusão na onda verde, que permite a abertura de academias, clubes, cinemas e estúdios de piercings e tatuagens, entre outros serviços.

Nesta sexta-feira (07), o governador Romeu Zema entrega em Três Pontas, 5 respiradores e 5 monitores para o Hospital São Francisco de Assis. Os aparelhos vão ampliar a capacidade de atendimento a pacientes da Covid-19 no município e região. Com os novos aparelhos, a UTI passará a ter 22 equipamentos. A entrega acontecerá no Sest Senat, onde ele falará com os jornalistas, em uma entrevista coletiva. O encontro seguirá todos os critérios de segurança à saúde.

Prestação de contas

A secretária Tereza Cristina e o chefe do setor de contabilidade da Secretaria de Saúde Eldo José

A Prefeitura de Três Pontas, como todos os municípios do país, está recebendo recursos financeiros do Governo Federal para serem aplicados no enfrentamento a pandemia da Covid-19. Os gastos e investimentos feitos, estão disponíveis na página oficial da Prefeitura e pode ser acompanhado de forma detalhada. De acordo com o chefe do setor de contabilidade e orçamento da Secretaria Municipal de Saúde, Eldo José de Lima, até a semana passada, havia R$6.018.541,50 milhões e já foram executados R$2.240.673,98, incluindo repasses a Santa Casa de Misericórdia do Hospital São Francisco de Assis. Nesta semana, mais um valor foi inserido ao Orçamento, com a aprovação por parte da Câmara Municipal que é em torno de R$3,8 milhões que serão executados, seguindo as determinações das portarias assinadas pelo Ministério da Saúde. O montante só pode ser gasto exclusivamente no combate a pandemia. O Hospital vai receber agora mais R$720 mil e a Apae R$200 mil.

Estrutura ampliada

A Secretaria Municipal de Saúde está ampliando a sua estrutura para atender a demanda de atendimentos a pacientes com suspeita de Covid-19 e já diagnosticados com a doença. Diante das incertezas desta pandemia, a principal recomendação da secretária municipal de Saúde Tereza Cristina Rabelo Corrêa, é que as pessoas evitem aglomerações, em festas privadas, em bares. Nos próximos 40 dias que vem por ai, o vírus pode tomar uma proporção muito grande dentro de Três Pontas. “Neste momento cuide de sua saúde. População, vamos ter juízo, porque depois se adoecermos o nosso serviço de saúde não consegue tratar de todo mundo junto”, declarou Tereza Cristina.

Algumas novas ações estão sendo adotadas. O ambulatório para atendimento aos pacientes com síndrome gripal, montado na área externa do Pronto Atendimento Municipal (PAM), de 100 metros quadrados está sendo ampliado. Ele terá o dobro do espaço e mais consultórios para atendimento. Serão mais dois médicos e a coleta de material para exame serão feitos de manhã e a tarde. Lá, se houver necessidade, o paciente receberá a receita dos medicamentos prescritos e ou orientações para fazer o isolamento domiciliar.

A Secretaria também montou uma central de atendimento telefônico no PAM, que funciona 24 horas por dia. No telefone, é possível tirar qualquer tipo de dúvidas e tenha informações em relação a Covid-19. O contato facilita a vida das pessoas e evita que os trespontanos fiquem procurando por orientações nas unidades de saúde e possam ser contaminados. O telefone é 3266-5831. O intuito é que os munícipes apenas procurem o PAM nos casos indicados pelo protocolo de saúde, evitando riscos de contágio dentro da própria unidade.

Na zona rural, os moradores das comunidades das Bananeiras, Árvores Bonitas, Quilombo Nossa Senhora do Rosário, Pontalete e Morro Vermelho tem acesso ao Programa Saúde Família (PSF). Porém, as outras áreas que enfrentam mais dificuldades, podem procurar o chefe do transporte da Secretaria de Saúde Gilberto Marcos Ribeiro e se cadastrar, deixando o whatsApp. Através do aplicativo, podem solicitar informações, pedir algum medicamento, entre outros serviços disponíveis.

RECURSOS COVID-19 Governo Federal

Recebido até 31 de julho
R$2.348.5330,39
Executados R$2.240.673,98
Sobra de R$107.856,41

Aprovado na Câmara em 03/08
R$3.670.011,11
Total: R$6.018.541,50

GASTOS
Consumo – R$91.840,04
(compra de máscaras, EPI, medicamentos específicos à Covid-19, entre outros)
Laranjinhas – R$237.747,05
Santa Casa – R$2.618.336,89
Apae – R$200.000,00
Serviços de terceiros – R$12.750,00
Folha de pagamento médicos, enfermeiros e técnicos – R$2.333.611,11
Equipamentos (respiradores, monitores, máscaras específicas para pacientes) – R$400.000,00
Mais Médicos – R$16.400,00
TOTAL: R$5.910.685,09

TOTAL RECURSOS RECEBIDOS
R$6.018.541,50
Recursos a serem gastos R$107.856,41
Recursos próprios da Secretaria Municipal de Saúde aplicados no Covid-19 – R$4.345,00.

Homem e mulher são presos com mais de 100 pedras de crack no Santa Edwirges

0

 

Uma denúncia anônima realizada no 190 da Polícia Militar no fim da tarde desta quinta-feira (06), culminou com a prisão de um rapaz de 35 anos e uma mulher de 32, suspeitos de tráfico de drogas.

As informações davam conta que a mulher estaria traficando em uma residência na Rua Pernambuco, que ela teria invadido o imóvel apenas para traficar e que arremessava a droga por uma janela, ao lado de uma goiabeira que fica no quintal, tudo para ludibriar a polícia.

Os policiais chegaram no local e perceberam a entrada e saída de vários usuários. Ao fazer contato com a suspeita, ela autorizou a entrada na casa e de maneira sutil, colocou a mão para fora de uma janela. Os militares desconfiaram e quando foram verificar, encontraram no pé da goiabeira, 110 pedras de crack. A mulher contou que o dono do entorpecente seria um rapaz, que estava em um quarto nos fundos.

Os dois foram presos em flagrante e encaminhados à Delegacia de Polícia Civil de Varginha.